Rafinha - Flamengo

Rafinha soma 27 partidas pelo Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

LANCE!
03/12/2019
16:24
Rio de Janeiro (RJ)

Na última segunda-feira, com o Flamengo de folga, Rafinha foi a São Paulo conceder entrevistas para canais de televisão. O lateral-direito, no Rubro-Negro há cerca de meses e destaque nas conquistas da Libertadores e do Campeonato Brasileiro, foi questionado a respeito de Jorge Jesus e das chances no Mundial de Clubes, por exemplo.

No programa Bola da Vez, da ESPN Brasil, Rafinha pôs Jesus entre os três principais treinadores com quem trabalhou. Além disso, revelou que um deles, Pep Guardiola, já elogiou o sistema defensivo montado por Jesus em Portugal.

- Na minha vida, o Jorge Jesus está entre os melhores. Vou colocar o Jesus entre o Guardiola e o Ancelotti. Não digo na frente do Jupp (Heynckes), pois era mais antigo, da escola mais antiga do futebol alemão. Não tinha esse negócio de tática igual o Mister tem. O Mister tem a mesma linha do Guardiola. Inclusive, quando jogamos contra o Benfica, o Guardiola disse: “Esse é o melhor time que defende na Europa” e era o time do Mister - falou.

Rafinha passou oito temporadas com a camisa do Bayern de Munique, antes de desembarcar no Flamengo em meados deste ano. O defensor de 34 anos precisou apenas de 26 jogos para ser eternizado na história do clube, com o caneco da Libertadores. Agora, levará a sua vasta experiência na bagagem rumo a Doha, no Qatar, para o Mundial.

Ver essa foto no Instagram

🏆🏆✅...!!!

Uma publicação compartilhada por RAFINHA (@r_13official) em

O camisa 13 enfrentará o Al Hilal, da Arábia Saudita, ou o Esperance, da Tunísia, nas semifinais. O que todos esperam, contudo, é a eventual decisão contra o Liverpool. Mais tarde, no programa Bem, Amigos, do SporTV, fez uma projeção:

- Temos que ser realistas. Estamos bem agora, mas eles (Liverpool) estão muito na nossa frente. Enfrentei o time deles nas oitavas da Champions. São muito rápidos. É uma final, jogo único. Se jogarmos como estamos jogando, vamos competir. Sem medo e com respeito - disse, completando sobre as semelhanças de Borussia Dortmund e Liverpool de Jürgen Klopp:

- Os dois têm um estilo muito semelhante. Enfrentei muito o Klopp na Alemanha. Fala-se muito do ataque do Liverpool, do (Roberto) Firmino, do Salah, do Mané, mas não prestam a atenção nos laterais. Em todas as jogadas, eles participam. No Dortmund, era a mesma coisa. O Lewandowski que fazia os gols, mas eles (laterais) que preparavam. A forma de trabalhar na Alemanha ele levou para o Liverpool.

A cumprir tabela no Brasileirão, Flamengo de Rafinha volta a campo nesta quinta-feira, às 20h, para encarar o Avaí, no Maracanã, pela 37ª rodada.