Flamengo x Nacional - Matheus Sávio (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)

Matheus Sávio vem subindo de status no Flamengo com o passar dos meses (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)

David Nascimento e Pedro Barboza
11/12/2015
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

O ano de 2015 foi especial para o meia Matheus Sávio. Recebeu a primeira chance no profissional com Vanderlei Luxemburgo, treinou diversas vezes com o grupo principal e terminou o ano bem com a torcida. Para 2016, a indicação é a de que ele se firme no elenco profissional, principalmente para integrar o time alternativo do Flamengo que entrará em campo no Campeonato Carioca. Em entrevista exclusiva ao LANCE!, Matheus Sávio destacou o que espera para o próximo ano.

– Tem tudo para ser muito promissor. Esse ano de 2015 para mim foi muito especial. Tive a minha primeira oportunidade no profissional do Flamengo. Precisamos estar 100% para mostrar o nosso futebol – afirmou o jogador, que fez um balanço de como foi 2015:

Douglas Baggio, Rafael Dumas, Thiago Santos e Ronaldo também serão opções no Carioca para o alternativo do Fla

– O Vanderlei Luxemburgo foi um treinador que me deu bastante oportunidade, me levou na despedida do Léo Moura, me deu muita confiança. E havia vários jogadores que me orientavam em campo, como o Everton, o Alecsandro, falavam muito comigo, passando experiências que foram fundamentais para o meu amadurecimento.

Os números de Matheus Sávio neste primeiro ano com jogos como profissional são animadores. Em nove jogos, foram quatro gols. Em 2016, ao lado de jogadores que já conhece da base – como Douglas Baggio, Léo Duarte, Rafael Dumas, Thiago Santos e Ronaldo – e os que voltam de empréstimo, se ir de novo bem, pode deixar o time alternativo e se firmar no principal.

Jajá e Jorge: muitos elogios

Ao LANCE!, Matheus Sávio também rasgou elogios ao lateral-esquerdo Jorge e ao volante Jajá, amigos pessoais que já se firmaram no profissional do Flamengo:

– Fico muito feliz por Jajá e Jorge. Possuem uma sequência, são meus amigos, foram para a Seleção Sub-20... São jogadores que desde as categorias de base mostram ser especial, quando tiveram a chance, foram lá e agarraram. Fico muito contente por eles e espero que continuem assim. E é meu objetivo se tornar titular do Flamengo no profissional e ajudar a contribuir com os títulos.

BATE-BOLA
Matheus Sávio - exclusivo ao LANCE!


‘Me inspiro no Iniesta. Não há alguém melhor’

O que você acha da ideia de unificar a base dada por Muricy?
O Brasil já vem passando e tem que passar mesmo por uma reformulação nas categorias de base. Como o Muricy Ramalho ficou esse tempo na Espanha estudando no Barcelona, viu como é que é a base por lá, a preparação para chegar ao profissional... É diferente. Se ele conseguir colocar isso em prática da unificação no Flamengo, tem tudo para acrescentar e fazer o clube crescer ainda muito mais.

Se inspira em alguém?
Sou um meia armador mais tradicional, mas no Flamengo costumo ser mais ofensivo. Nos jogos do profissional que fiz neste ano, fui muito ao ataque, e me inspiro bastante no Iniesta. É o cara que comanda o meio de campo do Barcelona, não tem alguém melhor.