Montagem Guerrero, Uribe e Lincoln

Guerrero, Uribe e Lincoln são as opções de Barbieri para o ataque (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo) 

Marcello Neves e Matheus Dantas
17/07/2018
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

A Copa do Mundo terminou e o Flamengo retorna para a sua realidade no Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro, atualmente na liderança do torneio, volta a campo contra o São Paulo na próxima quarta-feira, às 21h45, no Maracanã. O cenário é positivo, mas Maurício Barbieri enfrenta uma dor de cabeça para definir o seu ataque por motivos jurídicos. Com a suspensão de Henrique Dourado, uma série de fatores dificuldade a escolha do centroavante.

Durante a pausa do futebol brasileiro para o Mundial, Barbieri avaliou as várias alternativas que tem, mas ainda não há certeza sobre a possibilidade de contar com Paolo Guerrero. Fernando Uribe, por sua vez, foi registrado há um dia do confronto com o São Paulo e está à disposição do técnico Maurício Barbieri.

O jovem Lincoln, de 17 anos, também surge como opção. Confira abaixo a situação de cada uma das opções para o comando de ataque do Rubro-Negro.

PAOLO GUERRERO

A situação:
O Flamengo procura garantia do STJD para poder escalar Guerrero sem o risco de punições futuras. Afinal, o camisa 9 participou do Mundial da Rússia sob a força de uma liminar do Tribunal Federal Suiço após ter a pena aumentada de seis para 14 meses pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

O departamento jurídico ouviu da Justiça Suíça que a liminar não era apenas válida para Mundial, mas o Fla ainda espera o "sim" das entidades brasileiras.

Prós: Identificado com a torcida, Paolo Guerrero já conhece os companheiros desde as últimas temporadas e, entre os concorrentes do elenco, é quem tem maior experiência e técnica para encarar uma partida contra o vice-líder do Campeonato Brasileiro. Sua presença dá um peso maior ao ataque do Fla.

Contras: Cumpriindo suspensão até maio, Guerrero só disputou oito partidas em 2018 - sendo três pelo Flamengo e cinco pela seleção peruana. Desses, só em quatro o centroavante esteve em campo durante os 90 minutos. Assim, pode ser que o camisa 9 do Flamengo não esteja com o ritmo de jogo ideal.

Guerrero se reapresenta ao Flamengo
Guerrero retornou da Copa para o Fla (Foto: Gilvan de Souza/Fla) 

FERNANDO URIBE

A situação: 
Vindo do Toluca, do México, Uribe teve o nome registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e está à disposição para o jogo contra o São Paulo. Para ter condições de estrear na quarta, no Maracanã, o atacante colombiano precisava ser inscrito até esta terça, no BID, como jogador do Fla. 

Prós: Os 19 gols em 42 jogos na última temporada pelo Toluca mostram que o colombiano chega ao Rubro-Negro em boa forma. A técnica e a disposição do atacante nas atividades com o grupo renderam elogios do técnico e colegas.

Contras: Se confirmado entre os relacionados, Uribe poderá fazer sua estreia pelo Rubro-Negro. Treinando há semanas no Ninho do Urubu com os companheiros, o colombiano está tendo uma boa adaptação ao clube, mas, caso seja acionado por Barbieri, pode mostrar uma falta de ritmo de jogo e de entrosamento. A última partida disputada por Uribe foi no dia 20 de maio.

Uribe na Gávea
Uribe foi contratado nesta janela (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

LINCOLN

A situação: Integrado ao elenco principal, Lincoln está à disposição de Maurício Barbieri. Durante a pausa do Brasileirão, o garoto revelado na Gávea foi testado pelo treinador no time principal e correspondeu bem, marcando dois gols e tendo destaque nos jogos-treino disputados pelo Fla no Ninho do Urubu.

Com as vendas de Vinícius Júnior e Felipe Vizeu, a tendência é de que Lincoln ganhe mais minutos em campo pelo Flamengo no segundo semestre de 2018.

Prós: Um dos mais promissores das categorias de base do Flamengo, Lincoln tem na finalização um de seus pontos fortes. No Ninho do Urubu, costuma se destacar nas atividades técnicas, além de ter a capacidade de atuar pelo lado.

Contras: Aos 17 anos, Lincoln não tem a experiência dos concorrentes da função. Por exemplo, jamais iniciou um jogo entre os profissionais no Maraca lotado, como é a expectativa para quarta, contra o São Paulo. Mais de 34 mil ingressos foram vendidos de forma antecipada até a tarde de segunda-feira.

Lincoln
Lincoln pode ter a chance da carreira (Foto: Gilvan de Souza/Fla)