Flamengo muros pichados Landim

Muros da Gávea foram pichados contra diretoria do clube (Reprodução/ Twitter/ Marcos Coelho/ Rádio Tupi)

LANCE!
04/07/2020
12:32
Rio de Janeiro (RJ)

Os muros da sede do Flamengo foram pichados na madrugada deste sábado horas depois do clube anunciar que cobrará para que os torcedores assistam aos jogos do time em transmissão na internet. Principal alvo das palavras escritas nas paredes da Gávea, o presidente Rodolfo Landim foi chamado de "ganancioso". Em um aplicativo, o rubro-negro exibirá a semifinal da Taça Rio, contra o Volta Redonda.

A informação foi divulgada primeiramente pela "Rádio Tupi". Além da frase "Fora, Landim ganancioso", ainda foi possível ler "O Flamengo é do povo", em crítica à diretoria do clube carioca. Em maio, o encontro do presidente Landim com o presidente da República, Jair Bolsonaro, também resultou em pichações. “Somos democracia, “Landim e Bap fascistas” e “Clube do povo” eram algumas das frases na parede do Rubro-Negro.

Nas redes sociais, as críticas foram alvo de debates entre os flamenguistas. Teve quem concordasse com a decisão de cobrar R$ 10 no aplicativo "My Cujoo" para a exibição do duelo às 16h, neste domingo, por um lugar na final da Taça Rio. Por outro lado, parte dos torcedores classificaram a opção como excludente e insensível pelo momento financeiro do país.

Declaração de VP pegou mal com a torcida 
Rodrigo Tostes, vice-presidente de finanças do Flamengo, em entrevista ao canal oficial do clube da Gávea, afirmou que a decisão poderia ser uma economia aos rubro-negros.

- Queria comunicar e pedir o apoio de todo mundo. O Flamengo precisa muito buscar e mostrar quanto vale o jogo dele, precisa de novas receitas e encarar o mundo digital com novas oportunidades. Vamos fazer o jogo de domingo através da plataforma de streaming. É a primeira vez que vamos fazer isso. Acho que é um marco que pode nos levar a outro patamar que nenhum outro clube do Brasil e do mundo pode chegar - afirmou, antes de complementar:

- O ingresso desse jogo, no Maracanã, seria de R$ 30. Vamos cobrar R$ 10 para o torcedor que vai poder ver com sua família - finalizou.

Vale lembrar que o valor é cobrado apenas aos não-sócios. Sócios poderão assistir sem cobranças adicionais. Para quem mora fora do país, o valor será de R$ 8. Nesta quarta, o Flamengo realizou sua maior transmissão esportiva pelas redes sociais na vitória por 2 a 0 contra o Boavista, ainda pela Taça Rio. Por ser 100% gratuita, a exibição anterior contava com doações dos torcedores.