Peñarol

Fla decide a vida na Libertadores a 15 km de onde conquistou a América (Foto: Reprodução/Padreydecano)

Marcello Neves
07/05/2019
10:36
Rio de Janeiro (RJ) 

O Flamengo irá encontrar o seu passado, viverá o presente e irá decidir sobre o seu futuro na Copa Libertadores em Montevidéu. Enquanto o Rubro-Negro entra em campo no estádio Campeón Del Siglo para buscar a classificação às oitavas de final do torneio contra o Peñarol (URU), nesta quarta-feira, às 21h30, terá as memórias do título conquistado no Centenário, em 1981, a poucas ruas de distância. 

O torcedor rubro-negro que deseja visitar o palco onde Zico marcou duas vezes contra o Cobreloa (CHI), pode ficar tranquilo. A distância do Centenário, local da final da Libertadores de 1981, para o Campeón Del Siglo, palco da partida desta quarta-feira, o é de apenas 14 km - ou cinco avenidas entre eles. Cerca de 1h separa onde Arrascaeta, Bruno Henrique, Gabigol e companhia tentarão manter vivo o sonho do bicampeonato. 

Em meio a pressão interna e externa vivida, os bons fluídos pelo título de 1981 podem ajudar. Na época, a decisão da Libertadores foi em três jogos: vitória do Flamengo no Maracanã, triunfo do Cobreloa em Santiago, e decisão no Centenário com conquista rubro-negra. Após 38 anos, decidirá a vida novamente na cidade, desta vez para classificar para a segunda fase. 

A decisão entre Flamengo e Peñarol poderia ser no próprio Centenário, mas esta será a primeira vez que o Flamengo fará uma piada oficial no Campeón Del Siglo, palco da partida desta quarta-feira. Inaugurado em 2016, tem capacidade para 40 mil pessoas, mas por questões de segurança apenas 37 mil foram disponibilizados. A torcida do Flamengo terá direito a 2 mil ingressos.