Rodolfo Landim

O presidente Rodolfo Landim, do Flamengo: clube está lidando com os impactos da Covid-19 (F: Marcelo Cortes/CRF)

LANCE!
18/04/2020
14:33
Rio de Janeiro (RJ)

Os impactos da pandemia do coronavírus fizeram a diretoria do Flamengo recorrer a um empréstimo no valor de R$ 40 milhões junto ao Banco Santander. A linha de crédito, com juros baixos, já estava pré-aprovada e em "stand by", de acordo com o demonstrativo financeiro do clube de 2019. 

A informação foi inicialmente publicada pelo jornalista Gustavo Henrique.

O empréstimo acontece em momento que as finanças do clube foram impactadas com o rompimento do patrocínio da Azeite Royal e o não recebimento do valor acordado com a fornecedora de material esportivo Adidas. Juntos, nestes casos, o Flamengo deixou de arrecadar R$ 11,3 milhões.

Diante deste cenário, o Flamengo também não fez os repasses referentes às compras do zagueiro Léo Pereira, ao Athletico, e do atacante Thiago, ao Naútico. A direção do Gávea, contudo, está em contato com os representantes dos clubes buscando renegociar os termos por conta da pandemia da Covid-19.