Flamengo - Azeite Royal

Flamengo apresentou a parceria com o Azeite Royal em setembro de 2019 (Foto: Divulgação)

Lazlo Dalfovo
25/03/2020
12:05
Rio de Janeiro (RJ)

Na última semana, o Azeite Royal comunicou a rescisão de contrato com Flamengo, Vasco, Botafogo, Fluminense e Maracanã, em decisão que se deu pela pandemia do novo coronavírus e pela empresa entender que, neste momento, as prioridades são outras além do futebol. Contudo, o Flamengo irá recorrer a meios jurídicos, conforme informado inicialmente pelo jornal "O Globo" e, em seguida, confirmado pelo LANCE!

O Rubro-Negro promete acionar a empresa, cuja sede local fica em Guadalupe, Zona Norte do Rio, na Justiça, justamente por conta da rescisão unilateral do contrato de patrocínio. É estudada uma cobrança na casa de R$ 1,2 milhão pelo rompimento contratual. 

Com o Flamengo, o mais recente contrato com o Azeite Royal era para a exibição da marca no calção, com valores de cerca de R$ 3 milhões - firmados, renovados e valorizados para esta temporada.

A parceria entre as partes iniciou em setembro de 2019.

O Flamengo não digeriu a justificativa quanto à paralisação do mundo do futebol por conta da pandemia da COVID-19. Neste momento, os jogadores estão em quarentena, seguindo orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), e seguem com as atividades no clube suspensas.