Gerson - Fiorentina

Emprestado pela Roma, Gerson defendeu a Fiorentina na última temporada europeia (Foto: Divulgação/Fiorentina)

Matheus Dantas
04/07/2019
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo definiu Gerson como alvo para reforçar o elenco já em 2019 e o jogador, após um primeiro contato com dirigentes da Gávea, mostrou-se animado com a possibilidade, assim como Marcão, pai e representante do atleta. Além de voltar ao Rio de Janeiro, seu estado natal e onde a família reside, o meia 22 vê no projeto apresentado pelo clube a "vitrine" que precisa para alcançar um de seus sonhos: disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

Com passagens de destaque pelas seleções de base, Gerson tem como objetivo defender o Brasil nas próximas Olimpíadas. Uma vez que Jorge Jesus também entrou em contato com o jogador, o camisa 8 vê com bons olhos a chance de atuar com frequência em um time cotado para disputar os principais títulos do Brasil, podendo ser observado de perto por André Jardine, técnico da seleção olímpica. A disputa no setor do meio de campo do Brasil promete ser grande.

Até por isso, Gerson não pretende deixar a Roma para um "clube periférico" da Europa, sem tanta visibilidade. A Roma já ouviu o interesse do Dínamo de Moscou, mas a possibilidade de transferir-se para a Rússia não encanta o meia.

As tratativas ainda no início, mas o Flamengo e o estafe do jogador estão otimistas. A parte financeira, obviamente, é um fator fundamental para o negócio sair. O clube, benquisto no mercado e com boa capacidade de investimento, acenou com valores que atraíram o jogador, mas ainda não há acerto entre as partes. A negociação com a Roma, contudo, promete ser mais difícil e o Flamengo, com decisões já em julho, não tem todo tempo do mundo.

SEM PRESSA, ROMA AGUARDA POR NOVAS PROPOSTAS

A primeira oferta do Flamengo por Gerson foi enviada à Roma nesta semana, mas não alcançou os valores desejados pelos italianos, que, com a abertura da janela de transferências, não têm pressa para definir o futuro do jovem meia.

Isso não significa o fim das tratativas entre os clubes. A cúpula rubro-negra já prepara uma nova proposta pelo jogador. Marcos Braz, vice-presidente de futebol, e o diretor Bruno Spindel estão à frente das negociações com a Roma.

Gerson, que fez 40 jogos pela Fiorentina na última temporada, atrai o interesse de outros clubes e a Roma aguarda novas ofertas - do Flamengo, ou de outros.

VERSATILIDADE MARCA PASSAGEM POR FLORENÇA

Emprestado pela Roma, onde não se firmou entre os titulares na temporada anterior, Gerson teve mais espaço na Fiorentina nos últimos 12 meses. Foram 40 partidas pela Viola em 2018/19, sendo 27 como titular na Série A e dois na Copa Itália. A versatilidade marcou a passagem do meia pelo clube de Florença.

Durante a temporada, Gerson exerceu, ao menos, cinco funções do meio de campo para frente. Em quase 50% dos jogos que foi titular, segundo o site "WhoScored", o camisa 8 atuou como segundo volante, posição a qual o treinador Jorge Jesus detectou uma carência no atual elenco do Flamengo.

Contudo, Gerson também foi utilizado como o principal armador da equipe ("ponta de lança") e também como homem de lado do ataque, aberto tanto pela esquerda quanto pela direita. Aliada à versatilidade, a evolução tática adquirida pelo jogador na Itália são fatores que tornam Gerson o alvo da diretoria rubro-negra e comissão técnica para reforçar o elenco já em 2019.