Rogério Ceni

Ceni conquistou o terceiro título pelo Fla (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

LANCE!
24/04/2021
22:36
Rio de Janeiro (RJ)

Em jogo encardido, o Flamengo conquistou a Taça Guanabara pela 23ª vez em sua história ao derrotar o Volta Redonda, neste sábado, no Maracanã, por 2 a 1. O clube viu o time adversário valorizar a conquista ao causar perigo e fazer uma boa marcação, algo destacado por Rogério Ceni na entrevista coletiva depois de troféu com "significado especial".

- A Taça Guanabara tem um significado especial, somos o clube que mais conquistou. Um título importante para comemorarmos hoje, e amanhã já voltamos a trabalhar. Hoje foi o time mais alto que colocamos em campo desde que cheguei aqui. Hoje tivemos dois zagueiros de ofício e o Arão. E mais o Pedro que é um jogador com mais de 1,80. Depois tivemos Bruno Henrique, que é outro bom cabeceador.

O treinador do Flamengo comentou sobre o gol sofrido via bola área, o que não é novidade na temporada. Ceni alertou para a necessidade do ajuste nos treinos.

- Ontem trabalhamos só escanteio defensivo e mesmo assim sofremos o gol. É chato, acho que é o quarto gol em cinco jogos que sofremos de bola parada. Hoje foi o time mais alto que colocamos em campo esse que estivemos aqui. Tivemos o Arão e mais dois zagueiros, depois ainda colocamos o Bruno Henrique que é um bom cabeceador. Temos que fazer mais treinamentos. É chato tomar esse tipo de gol.

Rogério também respondeu acerca do Unión La Calera, do Chile, o próximo rival do Fla, pela Libertadores. 

- Eu gostei bastante (do Unión La Calera). Assisti ao jogo contra a LDU. Uma equipe que, apesar do gramado sintético, faz com que a bola ganhe muito mais velocidade, é uma equipe que troca muito a bola, com sistema peculiar de jogo. Que nós já observamos e vamos trabalhar amanhã em cima deles. Principalmente depois de amanhã, quando vamos ter a volta da recuperação do Gerson, do próprio Arão, do Gabriel também. Amanhã não dá para trabalhar com todos, mas já vamos em cima do sistema de jogo deles.

- Uma equipe que, para mim, não é surpresa, com investimento grande e que vem bem no campeonato chileno. Jogou melhor que a LDU em casa, no jogo passado. Merecia a vitória. Sofreu o empate no fim, de um cruzamento, eu não acho que tenha sido um chute. Poderia ter definido o jogo antes com uma finalização que bateu na trave e saiu. É uma equipe que eu gostei bastante. Jogadores bem técnicos, rápidos e que tocam bem a bola. Eu acho que é uma equipe que vai trazer dificuldade não só para o Flamengo, mas como já mostrou contra a LDU. E vai trazer dificuldade contra o Vélez. Vai ser uma chave mais equilibrada do que todos imaginavam - emendou o comandante.

A missão do Flamengo de Ceni agora é pela Libertadores: na terça recebe o La Calera, às 19h15, no Maracanã. Pelo Carioca, irá esperar a definição dos jogos de amanhã para saber o seu rival pelas semi, no fim de semana que vem.

Confira outros trechos da entrevista de Rogério Ceni:

Alerta na bola área defensiva

- Era o time mais alto que colocamos até hoje e infelizmente acabamos sofrendo o gol mesmo assim. Temos que repetir mais treinamentos dessa maneira para que a gente atenue esse tipo de gol. É chato você tomar. Eu acho que é o quarto que tomamos em cinco ou seis jogos que sofremos de bola parada sempre colocando jogadores altos onde a bola cai.

- Teve uma falta claríssima no primeiro escanteio que originou o segundo escanteio que ele (árbitro) não deu. Mesmo assim, nos preparamos bem, trabalhamos só escanteios defensivos ontem. Infelizmente, mesmo em cima do que trabalhamos sofremos o gol. Faz parte. Temos que continuar repetindo, trabalhando outras vezes. Só a repetição vai fazer com que a gente melhore. Em relação às transições, o Alef foi o jogador que mais puxou contra-ataques. O Renê anulou bem ele. Aliás, o Renê fez um bom jogo, principalmente na marcação. Criou algumas jogadas pelo meio. Mas anulou os jogadores mais rápidos do Volta Redonda.

Panorama da vitória 

- Eu acho que o time foi bem. Tivemos o controle do jogo e acabamos desperdiçando algumas chances boas que poderiam ter dado tranquilidade mais cedo, do que ficar até uma última bola sofrendo. Mas algumas transições. Diego quase não foi acionado no jogo. Tivemos sempre próximos do gol adversário. Michael também fez um bom jogo e o foi premiado com o gol. Usou muito o 1 contra 1.O time foi bem para quem jogou com cinco titulares contando com o Diego. O time rendeu bem.

Rendimento e gols de Vitinho e Michael, contestados

- Eu fico muito feliz. O Vitinho vem se esforçando muito nos treinamentos. O Michael também. E nem sempre eles têm a oportunidade de jogar. Hoje, fizemos uma análise do que podíamos colocar de melhor fisicamente, para termos um jogo agressivo, forte, de marcação, como é costumeiro do Flamengo. Os dois começaram o jogo e foram contemplados, apesar de termos dois 9 artilheiros no campo. Os dois foram agraciados com seus gols.

- O Vitinho fez um golaço de esquerda de fora da área. Vitinho está acostumado a fazer gols em finais. Acho que o terceiro ou quarto gol no Estadual. É um jogador que finaliza bem de fora da área. Então, é sempre importante você ter dentro do seu grupo jogadores que possam ganhar confiança. Em maio teremos nove jogos e em alguns momentos vamos precisar rodar, colocar times alternativos, mesclar, como foi no dia de hoje. Fico muito feliz tanto pelo Michael quanto pelo Vitinho, que hoje, em tese, com gols, conseguiram decidir a partida.

Onde jogará Arão na terça?

- O Arão é um jogador versátil, que tem talento tanto para a função de primeiro volante quanto para a função de zagueiro. Não temos pressa para definir isso, vamos recuperar os jogadores. Em qualquer das posições que jogar, ele atende às necessidades do Flamengo.