Ceni

O técnico Rogério Ceni durante a partida do Flamengo contra o La Calera (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

LANCE!
12/05/2021
00:14
La Calera (CHL)

O empate em 2 a 2 com o Unión La Calera, nesta terça-feira no Chile, expôs os dois lados de um mesmo Flamengo: a capacidade ofensiva e a fragilidade da defesa. Após o resultado, pela quarta rodada do Grupo G da Libertadores, o técnico Rogério Ceni avaliou o desempenho da equipe, lamentando o fato de o time ter oferecido ao rival a chance de marcar os gols e ter que "correr atrás".

- A concentração tem que ser desde o início. Cometemos erros que poderiam ser evitados, mas temos que destacar o poder de reação da equipe. Sair de 2 a 0 e buscar a vitória até o fim é importante também. O primeiro foi uma bola que poderíamos sair jogando tranquilamente, o segundo foi um gol contra - afirmou o técnico Rogério Ceni, em entrevista coletiva, antes de complementar:

- A bola passou baixa no primeiro pau, era fácil de tirar, o Bruno Henrique é atrapalhado. Trabalhamos bastante essa bola, mas é um acidente. Passou e bateu em nosso jogador e entrou justamente entre nosso goleiro e a trave.

+ ATUAÇÕES: Bruno Viana vai mal, Arão se redime de falha e Gabi mantém fase goleadora em tropeço do Flamengo

Com 10 pontos, o Flamengo é o líder do Grupo G e pode ter a classificação confirmada ainda nesta rodada, caso a LDU vença o Vélez Sarsfield, quinta-feira, em Buenos Aires. Confira a chave completa e as próximas rodadas aqui!

O Flamengo retorna ao Rio de Janeiro nesta quarta-feira e inicia a preparação para a partida de sábado, no Maracanã, contra o Fluminense. Será a partida de ida da decisão do Campeonato Carioca, e a expectativa é de que o treinador conte com o retorno de alguns atletas que desfalcaram o time nesta terça-feira.