Flamengo x Internacional

Bruno Henrique comemora gol nas quartas da Liberta de 2019 (Foto: Marcello Dias/Agencia Eleven)

LANCE!
20/02/2021
19:30
Rio de Janeiro (RJ)

Quando o Flamengo entrar em campo contra o Inter neste domingo, às 16h, no Maracanã, um jogador terá boas lembranças na cabeça. Trata-se de Bruno Henrique, que foi decisivo nos dois jogos contra o Colorado nas quartas de final da Libertadores de 2019. Em fase "coringa" com Rogério Ceni, o atacante buscará repetir a dose no duelo que vale a liderança do Brasileirão.

+ Gols, passes, posse de bola, desarmes, faltas e mais: a “decisão” entre Flamengo e Inter em números

Na temporada "mágica" de 2019, o Flamengo encarou o Inter em quatro oportunidades - duas pelo Brasileirão e duas pela Libertadores. Titular em todos os jogos, Bruno Henrique marcou três gols e deu uma assistência contra o Colorado naquele ano.

O duelo mais marcante foi o jogo de ida das quartas de final da Libertadores, em 21 de agosto. No Maracanã lotado, o Flamengo de Jorge Jesus dominava a partida, mas encontrava dificuldades em furar a defesa montada por Odair Hellmann. O empate em 0 a 0 persistiu no placar até os 30 minutos do segundo tempo quando Bruno Henrique apareceu.

Em um intervalo de apenas cinco minutos, o atacante marcou duas vezes e garantiu a vantagem rubro-negra para a partida de volta. Na semana seguinte, no Beira-Rio, o Flamengo perdia de 1 a 0 e sofria pressão colorada até que o camisa 27 deu as caras novamente. Após uma arrancada desde o campo de defesa, ele serviu Gabigol, que marcou o gol de empate e sacramentou a classificação para a semifinal do torneio.

E não parou por aí. No confronto entre as equipes pelo segundo turno do Brasileirão, Bruno Henrique voltou a balançar as redes de Marcelo Lomba, marcando o terceiro gol na vitória por 3 a 1 do Flamengo, no Maracanã. Gabigol e Arrascaeta haviam marcado anteriormente.

+ Flamengo x Internacional: prováveis times, desfalques, onde ver e palpites

NOVO CORINGA DE ROGÉRIO CENI

Bruno Henrique - Flamengo
Bruno Henrique comemora gol pelo Fla (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Titular em 19 das 20 partidas de Rogério Ceni no Flamengo, Bruno Henrique vem se provando ser um jogador essencial para o estilo de jogo proposto pelo treinador. Essa importância ficou visível recentemente, quando o atacante teve que cumprir suspensão e não atuou contra o Athletico-PR - a única derrota sofrida pelo Rubro-Negro nas últimas oito rodadas.

A principal qualidade de Bruno Henrique valorizada por Rogério Ceni é justamente a versatilidade. Rápido, habilidoso e letal na frente do gol, ele pode jogar tanto aberto pela esquerda quanto centralizado no ataque e permite que o treinador altere o esquema tático durante as partidas, em busca de encontrar espaços na defesa adversária. Essas alterações táticas possibilitadas por Bruno Henrique ficaram claras em dois jogos na arrancada recente.

O primeiro foi a vitória contra o Grêmio, em Porto Alegre. No primeiro tempo, o Flamengo jogava em um 4-2-3-1 - com Bruno Henrique aberto pela esquerda - e perdia por 1 a 0. Na volta do intervalo, Ceni mudou para o 4-4-2 - com Bruno como dupla de ataque de Gabigol - e o Rubro-Negro passou a criar problemas para o sistema defensivo gremista. Em apenas 20 minutos, a equipe já vencia por 3 a 1.

Já contra o Corinthians, na última rodada, ocorreu o inverso. Ao observar a fragilidade no lado direito do clube paulista, o treinador mudou o  4-4-2 inicial para o 4-2-3-1. Bruno Henrique passou a aproveitar os espaços deixados por Fagner e teve diversas oportunidades de jogadas um contra um. O gol da vitória marcado por Gabigol, inclusive, teve origem com o camisa 27 recebendo aberto pelo lado esquerdo.

+ Quem leva a taça? Simule os resultados da reta final do Brasileirão

Flamengo e Inter se enfrentam neste domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã. O duelo é válido pela 37ª rodada e terá transmissão em Tempo Real do LANCE!. Líder do Brasileirão, o Colorado conquista o título em caso de vitória. Empate ou vitória do Rubro-Negro deixam a decisão para a última rodada.