Orejuela surpreendeu a todos no Cruzeiro com sua recuperação antes do prazo estiulado

Orejuela surpreendeu a todos no Cruzeiro com sua recuperação antes do prazo estiulado- (Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Valinor Conteúdo
19/07/2019
19:43
Belo Horizonte

Passado a classificação para a semifinal da Copa do Brasil, a quarta seguida e a 11ª de toda a história, o Cruzeiro volta a se concentrar para os dois próximos compromissos. No sábado, o time enfrentará o Bahia pelo Campeonato Brasileiro, já na terça-feira, o adversário será o River Plate, pelas oitavas de final da Libertadores.

Uma boa surpresa na classificação celeste diante do Atlético-MG foi o lateral direito Orejuela. Completamente recuperado, após a cirurgia no joelho, o colombiano esteve em campo durante todo o jogo, demonstrando um grande futebol e surpreendendo aos jornalistas que fazem a cobertura diária no Clube.

Questionado sobre a velocidade da sua recuperação, o colombiano tratou de elogiar a estrutura do Cruzeiro e o tratamento recebido pelos profissionais que trabalham na Toca da Raposa 2. O lateral havia sido operado em maio e a previsão de retorno seria apenas em agosto.

-Cheguei com uma força, o trabalho que fazem no Cruzeiro, preparador físico, academia, me ajudou muito a crescer na minha parte física e se vê o resultado. Ontem foi a primeira partida depois da lesão e fiz um excelente jogo, pouco a pouco vou ganhando a confiança e fazendo o que o técnico vem me pedindo. Creio que é a mentalidade, sou jovem e quero seguir adiante e isso me ajuda a voltar mais forte-disse o camisa 28.

Já pensando no adversário de sábado, pelo Brasileirão, Orejuela entende que o time precisa voltar a vencer na competição nacional para subir na tabela. O colombiano admite que será uma partida complicada para a Raposa, mas que os jogadores estão cientes do objetivo de trazer a vitória da Bahia.

-Não conheço muito do Bahia, mas sei que a eliminação que tiveram ontem vai fazer com que eles queiram vencer para retomar a confiança. Vamos trabalhar com o que a comissão nos passar. Creio que todos os jogos são importantes, vamos atuar, fazer o melhor, vamos lá para buscar os três pontos, não estamos muito bem na classificação e precisamos voltar a vencer- declarou.

Depois do Bahia, e sem tempo para respirar, o Cruzeiro viaja para Buenos Aires para enfrentar o River Plate pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Orejuela sabe a dificuldade que é de se enfrentar times argentinos, mas garante que o Cruzeiro estará preparado pra os próximos embates do torneio sul-americano.
-Enfrentar argentinos é difícil, eles têm muita garra, tive uma oportunidade de jogar contra o Boca, creio que vai ser o mesmo no Monumental. É um sonho para mim, sempre quis jogar uma partida desta categoria e Deus queira que tenha uma oportunidade de estar lá- finalizou.

A recuperação de Orejuela e a ascensão de Weverton, vindo do sub-20, podem diminuir dependência do Cruzeiro por Edilson, que ainda se recupera de um problema muscular, e das improvisações de Romero na posição.