Os meias Giovanni e Matheus ´Índio estão treinando há quase dois meses no clube,mas só devem ser inscritos na próxima semana

Os meias Giovanni e Matheus ´Índio estão treinando há quase dois meses no clube,mas só devem ser inscritos na próxima semana-(Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Valinor Conteúdo
22/10/2020
18:36
Belo Horizonte

O Cruzeiro está muito perto de poder registrar novos jogadores depois de ter quitado os débitos na FIFA com o Zorya, da Ucrânia, pela compra do atacante Willian Bigode, em 2015. A Raposa estava impedida pela entidade de ter novos atletas pela dívida com os ucranianos.

Com as pendências em dia, o clube deverá ter liberação para novas inscrições já na próxima semana, pouco antes do duelo contra o Paraná, sexta-feira, 30 de outubro.

O Consultor de planejamento e estratégia do departamento de futebol do Cruzeiro, José Carlos Brunoro comentou que espera que o ‘transfer ban’, sistema para inscrição de atletas seja liberado para a Raposa.

-A vinda do Felipão acelerou isso e a gente já pode inscrever jogadores. Mas falta a data ainda da situação de regulamentação da Fifa, porque a gente fez os pagamentos. Acho que em mais uma semana já dá para inscrever-disse durante live no canal oficial do Cruzeiro no YouTube.

A Raposa já tem três situações para poder resolver e reforçar o elenco de Luiz Felipe Scolari: inscrever e regularizar Giovanni e Matheus Índio, meias, além de Iván Angulo, emprestado pelo Palmeiras, que não sabe se ficará no Cruzeiro, pois está negociando sua ida para o Botafogo.