Renato Kayser

Kayser  foi vendido por R$ 5 milhões com o time mineiro ficando com 70% do valor e o Vasco 20%. Os 10% restates são de empresários-(Paulo Marcos/Atlético-GO)

LANCE!
19/09/2020
17:42

O Cruzeiro confirmou a venda do atacante Renato Kayser para o Athletico-PR neste sábado, 19 de setembro. O jogador, destaque do Atlético-GO no Brasileiro, vai assinar contrato com o Furacão até 2023. O time goiano tentou fazer uma nova proposta à Raposa, mas não cobriu a oferta do time paranaense. Para o acerto final, também se chegou a um acordo com o jogador, de 24 anos.

O valor da negociação vai girar em torno de R$ 5 milhões por 90% dos direitos econômicos do jogador, sendo que o Cruzeiro(dono de 70% dos direitos) ficará com R$ 3,8 milhões, enquanto o Vasco terá direito a R$ 1,2 milhão, que detém 20% de Kayser. Os outros 10% são de empresários.

O dinheiro da venda de Kayser, que nunca teve chances na Raposa, vai ajudar a quitar a folha de setembro, atrasada e ainda custear outros compromissos do clube.

A velocidade do negócio aconteceu porque no fim do mês, Renato Kayser poderia assinar um pré-contrato com outro clube, pois seu vínculo iria até 31 de março de 2021, com ele podendo sair de graça do clube azul.

No Atlético-GO, Renato Kayzer tem 10 gols em 15 jogos, sendo cinco no Campeonato Goiano, dois na Copa do Brasil e três no Brasileirão. Pela Raposa, jogou apenas seis vezes, sem marcar gols, sendo emprestado com frequência, sem sequência no clube celeste, desde que chegou à Toca da Raposa, em 2018. O time azul emitiu nota sobre o acerto com o Furacão. Confira abaixo.

O Cruzeiro Esporte Clube informa que chegou a um acordo com o Club Athletico Paranaense e acertou a venda do atleta Renato Kayzer.

Kayzer estava emprestado ao Atlético-GO, que não quis proceder à liberação imediata do jogador, prevista em contrato neste tipo de situação, mesmo após ter sido previamente notificado por três vezes para exercer seu direito de preferência, igualando a proposta feita pelo Athletico-PR.

Desta forma, restou ao Cruzeiro buscar seus direitos junto à Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD), que, após brilhante trabalho do Jurídico do Clube, mais uma vez com apoio do Dr. Marcelo Jucá, concedeu decisão favorável à liberação liminar do atleta, o que ainda será objeto de pedido de modulação, uma vez que o prazo estipulado para a concretização do negócio acabou sendo ligeiramente ultrapassado, em razão de problemas operacionais alheios ao Cruzeiro.

O Clube reitera seu dever de honrar todos os seus compromissos e acredita que os contratos devam ser cumpridos com boa-fé, lealdade e honestidade, lamentando que o Atlético-GO ainda esteja tentando dificultar a negociação, desrespeitando as cláusulas do pacto por ele próprio celebrado.

As informações complementares a respeito da negociação entre Cruzeiro e Athletico-PR serão divulgadas posteriormente.