Bahia x Cruzeiro

Equipes de tradição, Bahia e Cruzeiro jogam a Série B mais uma vez em 2022 (Foto: Felipe Oliveira/ ECBahia)

Valinor Conteúdo
07/04/2022
19:40
Belo Horizonte (MG)

Bahia e Cruzeiro se enfrentam nesta sexta-feira, 8 de abril, às 21h30, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os dois times, tradicionais frequentadores da primeira divisão, terão a árdua missão de tentar deixar a segundona e voltar à elite do futebol nacional.

O Esquadrão teve um início de temporada complicado após não conseguir nem ficar entre os melhores do Estadual, caindo antes da semifinal. A decisão será entre Atlético-BA e Jacuipense. Guto Ferreira segue no comando do time e tenta apagar o vexame no Baianão para fazer uma boa campanha na Série B.

Já na Raposa, o cenário é mais favorável. Boas apresentações, avanço na Copa do Brasil a terceira fase e retorno a final do Mineiro depois de dois anos trazem um panorama positivo para o time do técnico Paulo Pezzolano.

Fora de campo as coisas também caminham para ficar mais calmas depois que a compra da SAF do clube foi confirmada pelo Conselho. Assim, Ronaldo seguirá como gestor do time celeste.

A maior missão do Cruzeiro nesta temporada é evitar ficar mais um ano na Série B. O clube chega a terceira temporada seguida na segunda divisão e a meta é voltar à elite nacional ao fim deste ano.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

BAHIA x CRUZEIRO
Data: 8 de abril de 2022
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: Fonte Nova, Salvador (BA)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Éder Alexandre e Henrique Neu Ribeiro (ambos de SC)
VAR: Héber Roberto Lopes (SC)
Onde assistir: SporTV e Premiere
Onde seguir: Itatiaia FM e Super FM



BAHIA (Técnico: Guto Ferreira)

Danilo Fernandes; Jonathan, Didi, Luiz Otávio e Silva; Rezende, Patrick de Lucca, Marco Antônio e Lucas Mugni; Raí Nascimento e Rodallega

Desfalques; nenhum


CRUZEIRO (Técnico: Paulo Pezzolano)

Rafael Cabral; Rômulo, Lucas Oliveira, Eduardo Brock e Rafael Santos; Willian Oliveira, Fernando Canesin e Pedro Castro; Waguininho (Vitor Leque), Vitor Roque e Edu.

Desfalques: nenhum