Marcio Porto
17/02/2018
06:15
São Paulo (SP)

A incessante busca do Corinthians por um centroavante para substituir Jô deve acarretar na saída de uma jovem promessa do elenco. Artilheiro na base, o atacante Carlinhos está sem espaço atualmente no clube e estuda com seus representantes uma saída por empréstimo. 

Carlinhos foi o artilheiro da Copa São Paulo de Futebol Júnior do ano passado, com 11 gols na campanha do título corintiano, e subiu logo depois sob grande expectativa. No entanto, ele não conseguiu convencer a comissão técnica, que ainda o vê abaixo tecnicamente para assumir a posição no time. Hoje, ele é a quarta opção no elenco, atrás de Júnior Dutra, Danilo e Kazim, e tende a perder ainda mais espaço com a chegada de Matheus, de 19 anos, contratado do ABC. 

Neste ano, Carlinhos passou a ser representado pela Elenko Sports, empresa que tem como um dos sócios o empresário Fernando Garcia, conselheiro do Corinthians. A Elenko tem uma série de jogadores no grupo atual e deve usar sua força no mercado para tratar de uma transferência do atacante. A ideia é que ele seja emprestado, mas não está descartada uma negociação em definitivo. O contrato vai até dezembro de 2020. 

No profissional, Carlinhos disputou apenas dois jogos e não marcou gols. Este ano, chegou a ser inscrito na cota de garotos da base no Campeonato Paulista, mas nem sequer foi relacionado. Na visão da comissão técnica, ele tem treinado abaixo do esperado. Por isso, o clube não deve dificultar uma liberação. No começo do ano, a ideia era que ele fosse utilizado gradativamente, mas a pressão por um centroavante atrapalhou os planos.