Corinthians x Ponte Preta - Gustagol

Gustagol é esperança de gols para o Corinthians (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress)

LANCE!
14/02/2019
07:00
São Paulo (SP)

Um dos centroavantes tem 33 anos, grande experiência em torneios sul-americanos, com dois títulos de Libertadores, sendo o artilheiro em uma conquista, com oito gols marcados. O outro, tem 24 anos e nunca atuou em uma competição internacional. E é justamente o "novato" a esperança de gols do Corinthians nesta quinta-feira, diante do Racing, no duelo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana, na Arena.

Artilheiro do Timão em 2019 com cinco gols em oito partidas, Gustagol novamente será titular da equipe. Enquanto isso, o argentino Mauro Boselli fica como opção para o técnico Fábio Carille no banco de reservas.

- Hoje é o Gustavo. Enquanto não me mostrar o contrário, o Gustavo é titular do time. O Boselli vem de um futebol com intensidade mais baixa, precisa entender isso e vai entender. Por enquanto, o centroavante é o Gustavo - justificou o treinador, há uma semana.

E Gustagol tem feito jus ao apelido. O Corinthians marcou apenas sete vezes em oito partidas nesta temporada, e o centroavante foi autor de cinco gols.

O novo status veio dois anos e meio depois de ter sido contratado pelo Corinthians. Gustagol chegou ao clube em 2016, mas não teve boas atuações e foi emprestado ao Goiás em 2017 e ao Fortaleza em 2018. No ano passado, inclusive, foi o artilheiro da temporada no Brasil, com 30 gols marcados, e retornou com moral ao Timão.

- Já tive algumas conversas com o Gustavo, e a evolução dele de 2016 para hoje é absurda. Não sei se ele chegou muito pressionado para resolver os problemas, e quis fazer coisa que não era para fazer, queria fazer gol de qualquer jeito. Ele mesmo se pressionou, e a gente tinha de acelerar para colocá-lo em campo o quanto antes, e realmente ele não foi bem. Agora, estamos muito satisfeitos com ele - disse Carille.

Corinthians e Racing iniciam o duelo da primeira fase da Copa Sul-Americana nesta quinta-feira, às 21h30, na Arena em Itaquera. O confronto de volta será realizado no dia 27, na Argentina.