Desembarque Corinthians

Elenco do Corinthians voltou do Chile nesta quinta-feira (Foto: Guilherme Amaro)

Guilherme Amaro
09/08/2018
20:39
Guarulhos (SP)

O Corinthians enfrenta uma maratona longe de casa. Após voltar ao Brasil no início da noite desta sexta-feira, um dia após perder para o Colo-Colo no Chile, o Timão enfrentará duas vezes a Chapecoense em Chapecó: domingo, pelo Brasileirão, e na quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Apesar da maratona, Pedrinho diz não estar muito desgastado. Ele se colocou à disposição do técnico Osmar Loss para as partidas. No último fim de semana, o treinador poupou alguns titulares no Brasileirão e pode repetir a estratégia no domingo.

- É muito desgastante, sabemos as dificuldades, nunca dá tempo de recuperar 100%, sempre estamos viajando para lá ou para cá. Mas não dá para reclamar, temos que agradecer porque estamos fazendo o que gostamos. Qualquer esforço é válido - afirmou Pedrinho, durante o desembarque do Timão no Aeroporto de Guarulhos.

- Se for possível, se o Loss optar, jogo domingo e quarta. Estou bem trsnquilo em relação a isso, não me sinto cansado ao máximo, vou estar à disposição para que o Loss precisar - acrescentou.

Pedrinho também falou sobre o confronto com o Colo-Colo, pelas oitavas de final da Libertadores da América. Na ida, o Timão "ficou no lucro" com a derrota por 1 a 0, já que a equipe chilena dominou a partida. O duelo de volta será realizado no dia 29 de agosto, na Arena Corinthians.

- Infelizmente não era o resultado que queríamos, tentamos buscar um bom resultado, que era a vitória, mas no decorrer do jogo vimos que tinha que segurar um pouco para não vir com uma desvantagem grande e conseguir reverter na Arena - analisou Pedrinho.

- Começamos com um ritmo bom nos primeiros 15 ou 20 minutos, mas deixamos cair e o Colo-Colo tomou conta do jogo. Se não fosse também a grande partida do Cássio e o empenho de todos os jogadores, poderíamos ter vindo com um resultado pior. Tenho certeza que aqui na Arena podemos reverter - completou.