Danilo Avelar - Goiás x Corinthians

Avelar admitiu comentário racista em jogo online e foi desligado do Timão (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Fábio Lázaro
24/06/2021
09:00
São Paulo (SP)

Com o desligamento de Danilo Avelar no Corinthians, após o jogador escrever uma frase uma racista durante um jogo online, o Corinthians poderá ter a saída de três zagueiros em um intervalo de uma semana. Além de Avelar, Bruno Méndez foi liberado por empréstimo ao Internacional e Jemerson tem contrato com o clube do Parque São Jorge até a próxima quarta-feira (30) e não foi procurado até agora para renovar o vínculo.

>> Confira a tabela do Brasileirão e simule os jogos do Corinthians
>> Baixe o novo app de resultados do LANCE!

Essas baixas gerarão uma grande lacuna no sistema defensivo corintiano, além de uma dor de cabeça para a comissão técnica e diretoria.

A premissa do Timão para essa temporada é segurar a mão no quesito contratações. Com um total de dívidas próximo a R$ 1 bilhão, o presidente Duílio Monteiro Alves e os homens fortes do futebol, Alessandro Nunes e Roberto de Andrade, estão com um discurso alinhado de que reforços só serão trazidos em condições extremamente vantajosas ao clube do Parque São Jorge.

Porém, agora Sylvinho terá nas mãos apenas quatro zagueiros: Gil, João Victor, Raul Gustavo e Léo Santos. Os três primeiros têm jogado regularmente, já o último tem voltado a atuar aos poucos, pois ficou dois anos parado, por conta de duas cirurgias do joelho.

Desde que foi liberado pelo Departamento Médico, em abril, o camisa 13 entrou em campo três vezes e apenas nos minutos finais de partida, totalizando apenas 10 minutos em campo. Recentemente, o atleta foi integrado também ao elenco de aspirantes do Corinthians, para ganhar mais tempo de atuação.

Ainda que Danilo Avelar estivesse machucado desde de outubro, quando rompeu o ligamento cruzado anterior, em um jogo contra o Santos, pela 14ª rodada do Brasileirão do ano passado, estimava-se que no segundo semestre ele retornasse aos gramados e aumentasse o leque de opções de defensores para a comissão técnica.

Caso o Timão realmente perca todas essas peças defensivas e não consiga ir ao mercado para repor, a base tende a ser o setor de garimpo para que Sylvinho componha o elenco.