Roger Guedes - Corinthians x Chapecoense

Róger Guedes comemora o gol da vitória (Foto: Ale Vianna/W9Press/LANCEPRESS!)

Fábio Lázaro
01/11/2021
23:35
São Paulo (SP)

Com gol de Róger Guedes no último lance do jogo, o Corinthians derrotou a lanterna Chapecoense na noite desta segunda-feira (1), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. E podemos dizer que o gol foi anotado também pela Fiel Torcida corintiana... 

No primeiro jogo com público total na Neo Química Arena desde o início da pandemia do novo coronavírus, o Timão pressionou o adversário durante todo o jogo, mas foi pouco criativo. Contudo, os torcedores do Timão incentivaram a equipe até, literalmente, no último segundo do jogo, quando após uma cobrança de escanteio, Jô desviou no primeiro pau e Róger Guedes tocou na saída do goleiro Keiller, que fez uma excelente partida e foi o destaque individual do jogo. 

CORINTHIANS COMEÇA PRESSIONANDO

O Timão chegou a ter 75% de posse de bola nos primeiros dez minutos de jogo, e aos cinco do primeiro tempo criou uma grande oportunidade de gol. Em jogada individual, Du Queiroz deu uma caneta no zagueiro Ignácio e tentou tocar por cima de Keiller, mas parou em uma boa defesa do goleiro do time catarinense.

LADO DIREITO DÁ TRABALHO 

As principais oportunidades do Corinthians no primeiro tempo foram pelo lado direita, principalmente por meio das boas tramas entre a dupla de garotos Du Queiroz e Gabriel Pereira. No entanto, houve pouca efetividade nas descidas criadas pelos dois atletas na etapa inicial. 

SUSTO DA CHAPE NO FIM DO PRIMEIRO TEMPO

Aos 45 minutos do primeiro tempo, a Chapecoense encontrou a sua única boa chance no primeiro tempo. Após passe de Denner, Mike fintou um marcador e finalizou no canto direito do goleiro Matheus Donelli, cria da base e que substituía o ídolo Cássio, que estava suspenso. A bola desviou no zagueiro João Victor, Donelli dá um tapa de leve na bola, que ainda bateu na trave e voltou para o arqueiro corintiano. 

CORINTHIANS VOLTA COM MUDANÇAS

Para o segundo tempo, o Timão voltou com a entrada do atacante Gustavo Mosquito no lugar do volante Gabriel. A equipe manteve a sua ideia inicial de jogo, com um 4-1-4-1, mas com Du Queiroz sendo o primeiro volante e Gabriel Pereira o meia-direita, diferentemente do primeiro tempo, quando Du foi meia-direita e GP extremo pelo mesmo setor. 

Ainda assim, o Corinthians seguiu tendo alguns problemas na transição ofensiva, insistindo em jogadas laterais e pecando na criação e efetividade de grandes chances de gol. 

TIMÃO QUASE ABRE O PLACAR EM BOLAS PARADAS

E foi na bola parada que ocorreram as duas primeiras grandes chances corintianas no segundo tempo. Na primeira, Gil subiu mais alto que toda a defensiva da Chapecoense após cobrança de escanteio pela direita, cabeceou para o chão e parou em grande defesa do goleiro Keiller, que repetiu a dose no lance seguinte, quando o tiro de canto foi cobrado pelo lado esquerdo, e dessa vez João Victor finalizou de cabeça para outra grande intervenção do arqueiro do time catarinense. 

MAIS UMA VEZ KEILLER

E o goleiro da Chapecoense apareceu mais uma vez. Na primeira boa chance criada pelo Corinthians com a bola rolando no segundo tempo, Róger Guedes acionou Jô, que entrou no decorrer da etapa final, e o atacante girou contra a marcação, encheu o pé, mas parou em uma defesa fantástica do arqueiro da equipe catarinense. 

GOL NO ÚLTIMO SUSPIRO

Quando a partida se encaminhava para um empate amargo para o Corinthians, a Fiel Torcida corintiana empurrou o Timão para um derradeiro escanteio, que foi cobrado por Fagner, desviado no primeiro pau por Jô e sobrou para Róger Guedes, na pequena área, concluir e dar números finais ao jogo. 

>> Baixe o novo app de resultados do L!
>> Confira a tabela do Brasileirão 2021

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 0 CHAPECOENSE


Local: Neo Química Arena, São Paulo (SP)
Data e hora: 1º de novembro de 2021, às 21h30
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)
Árbitro de vídeo: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Público e renda: 39.39.734 pagantes, para renda de R$ 2.267.484,60
Cartões amarelos: Renato Augusto (Corinthians); Anselmo Ramon, Ezequiel, Henrique Almeida e Keiller (Chapecoense)
Cartões vermelhos: 
Gol: (1-0) Róger Guedes, 52'/2T

CORINTHIANS: Matheus Donelli; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Gabriel (Gustavo Mosquito, intervalo), Du Queiroz (Jô, 29'/2T), Gabriel Pereira (Adson, 35'/2T), Giuliano e Renato Augusto; Roger Guedes. Técnico: Sylvinho. 

CHAPECOENSE: Keiller; Matheus Ribeiro, Joilson, Ignácio e Busanello; Anderson Leite, Moisés Ribeiro, Denner (Ezequiel, 30'/2T) e Mike (Rodriguinho, 41'/2T); Kaio Nunes (Henrique Almeida, 21'/2T) e Anselmo Ramon (Ronei, 30'/2T). Técnico: Felipe Endres.