Clodoaldo - Corinthians

Clodoaldo teve contrato com o Corinthians entre 2007 e 2011 (Foto: Arquivo Lance!)

LANCE!
14/04/2021
18:16
São Paulo (SP)

Depois de cerca de nove anos na Justiça, Corinthians e Clodoaldo entraram em acordo e o clube terá de pagar R$ 900 mil ao jogador, que defendeu a camisa alvinegra em 2007, no ano do rebaixado e ficou sob contrato até 2011. A informação foi divulgada pelo "Meu Timão" e confirmada pelo LANCE!.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2021 clicando aqui

GALERIA
> Veja quais clubes receberam o Certificado de Clube Formador da CBF

A quantia, de quase R$ 1 milhão será quitada de forma parcelada em 18 meses, cada parcela no valor de R$ 50 mil até junho de 2022. Se o clube não honrar com alguma dessas parcelas, terá uma multa de 20%  em cima do montante mensal. Está previsto também que se o Timão deixar de pagar três parcelas consecutivas, terá de pagar o valor integral das mensalidades restantes com o acréscimo de 30% de multa sobre a quantia devida. O vencimento será no ato.

Clodoaldo pediu na Justiça valores referentes a direito de imagem e direito de arena, além de 13º salário, férias e FGTS, com multa e juros, que foram fatores responsáveis por dobrar a quantia inicial da ação do jogador contra o clube.

O processo corria na Justiça desde 2012, com Corinthians, representado pelo seu departamento jurídico, tendo brigado em todas as instâncias possíveis. No fim, porém, o clube acabou sendo condenado a indenizar o atleta pelo valor definido por um perito judicial, após contestações das duas partes.

Praticamente cinco anos vinculado com o Timão, Clodoaldo disputou apenas 20 partidas pelo clube e marcou cinco gols, sendo um deles no empate com o Grêmio, em 2007, no jogo que marcou o rebaixamento no Brasileirão.