Jô flagrado no pagode - Corinthians

Jô foi flagrado em pagode enquanto o Timão era derrotado pelo Cuiabá no Brasileiro (Foto: Reprodução/Internet)

LANCE!
08/06/2022
02:54
São Paulo (SP)

Gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes classificou como inaceitável a postura do atacante Jô, flagrado em um pagode enquanto o Timão jogava, e perdia, contra o Cuia, na Arena Pantanal, no Mato Grosso, na última terça-feira (7), pelo Campeonato Brasileiro.

+ GALERIA - Jogadores da base que mais ganharam chances com VP
+ TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Brasileirão

Ainda assim, o profissional do departamento de futebol corintiano disse que o vídeo que viralizou nas redes sociais poucos minutos após o apito final da partida na capital mato-grossense será analisado assim que a delegação chegar em São Paulo nesta quarta-feira (8), para que medidas possam ser pensadas e tomadas em relação ao atleta.

– Vamos analisar o vídeo com calma e falar com o jogador assim que chegarmos ao CT amanhã (quarta). Se o contexto do vídeo for esse mesmo que chegou a nós, eu classifico como inaceitável esse tipo de comportamento. Não é algo correto, não é compatível com um atleta profissional – disse ao portal ‘Meu Timão’, em Cuiabá.

Até o momento, o Corinthians não se posicionou oficialmente em relação ao assunto.

Questionado em entrevista coletiva após a derrota para o Dourado, o técnico Vítor Pereira pediu tempo para analisar a situação e comentar posteriormente.

Jô não foi relacionado para a partida da última terça-feira (7) por conta de um trauma na perna esquerda sofrida há duas semanas, no segundo tempo do empate com o Always Ready, da Bolívia, pela Copa Libertadores. Por conta do problema físico, o atacante ficou fora dos três últimos jogos do Timão, contra América-MG, Atlético-GO e agora Cuiabá.

Alessandro Nunes
Além de atual gerente de futebol, Alessandro foi lateral do Corinthians, sendo capitão em conquistas importantes (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)