Vaivem - Diego Costa

Na Europa, Diego Costa defendeu camisas como as do Chelsea e Atlético de Madrid (Foto: Pedro Sousa / Atletico MG)

Fábio Lázaro
19/01/2022
07:00
São Paulo (SP)

A espera do Corinthians por um novo centroavante poder estar perto de acabar, mas enquanto isso não acontece a diretoria do clube segue cautelosa. A questão é que Diego Costa está oficialmente livre no mercado, após rescindir com o Atlético-MG, e Timão fez uma consulta oficial ao atleta. 

Ainda que internamente representantes corintianos sigam mantando o discurso de que não há proposta pelo atacante, as conversas que a direção do Alvinegro mantinha com o estave de Costa desde o fim do ano passado agora é considerada um posicionamento oficial de interesse, até com disposição de números e projeto esportivo feito apresentando às pessoas que cuidam da carreira do atacante. 

> TABELA: Confira e simule os jogos do Timão no Campeonato Paulista 2022
> GALERIA: Timão ativo no mercado para “se livrar” de atletas fora dos planos

A ideia é que o Corinthians tenha Diego Costa por duas temporadas, pagando um salário que gira em torno de R$ 1,5 milhão, que será pago em parceria com o Grupo Taunsa, empresa de agronegócio que se tornou parceira do Timão no fim de 2022. 

Os valores apresentados pela diretoria corintiana não são surreais, ainda que seja um dos mais altos no comparativo com o elenco, mas inicialmente as cifras não foram vistas como empecilho para a negociação evoluir, o que já é considerado uma vitória pelos corintianos, que temiam não chegar ao salário e premiações desejados por Diego Costa. 

Contudo, o que o Timão já previa e realmente aconteceu é o desejo do centroavante voltar para a Europa. Até o momento apenas o Cádiz, da Espanha, fez, entre os clubes do Velho Continente, uma propostra por Diego, esta que foi sumariamente rejeitada. O jogador ainda acredita que um grande clube pode o procurar, e por isso pediu alguns dias para pensar. 

Enquanto isso, o Timão segue cauteloso. Há um desejo grande de ter um grande 'camisa 9' até o início da fase de grupos da Libertadores, em abril, mas a cúpula corintiana crê que durante o Paulistão o clube pode achar esse nome para reforçar o elenco. 

Contratado para ser uma das estrelas do Atlético-MG na última temporada, que foi imensamente vitoriosa para o Galo, com os títulos Mineiro, Brasileiro e da Copa do Brasil, os dois últimos já com Diego Costa no elenco, o atacante ficou ofuscado a outras estrelas do elenco atleticano como Hulk, Zaracho, Keno e Nacho Fernández, além de sofrer com recorrentes lesões. 

Em 2021 foram 19 jogos disputados com a camisa do Galo, cinco gols e uma assistência.