Durcesio Mello - Botafogo

Durcesio Mello é o presidente do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

João Alexandre Borges e Sergio Santana
19/04/2021
12:06
Rio de Janeiro (RJ)

A pandemia do novo coronavírus resultou em uma potencialização de crises financeiras em muitos clubes do Brasil. Para o Botafogo não foi diferente: o clube de General Severiano, que já sofria com os cofres antes mesmo da crise sanitária, passa por um período de dificuldade. Por isto, o Alvinegro tem no SindeClubes um "parceiro" neste tempo.

Desde o ano passado, o Alvinegro conta com o apoio do Sindicato para pagar salários. Atualmente, o clube está em dia com as contas envolvendo os colaboradores e jogadores. O SindeClubes ajuda o Botafogo a desbloquear valores que estão presos e/ou penhorados e depositá-los nas contas dos funcionários.

O Botafogo publicou em seu site oficial, nesta segunda-feira, a convocação do Sindicato para uma para uma assembleia com funcionários.  O LANCE! apurou que o clube está em contato permanente com o SindeClubes, visando preservar o máximo possível de emprego e renda na atual crise financeira sem precedentes que o clube e o país atravessam. A nova gestão, como é dito pelos próprios integrantes, está bastante preocupada em conduzir a questão com o máximo profissionalismo.

O edital divulgado pelo clube está intitulado de "Ordem do dia: medidas a serem adotadas visando a manutenção do emprego e renda durante o período de pandemia".

A intenção da Assembleia é preservar ao máximo os cortes que serão necessários no corpo de funcionários.