Rafael - Botafogo

Rafael é o novo jogador do Botafogo (Foto: Divulgação/Botafogo)

Sergio Santana
08/09/2021
21:16
Rio de Janeiro (RJ)

Sonho de criança: com família alvinegra, Rafael fechou com o Botafogo na tarde desta quarta-feira e vai defender o clube que torce desde que era criança. A parte financeira não foi a prioridade do lateral-direito na negociação, já que ele deixou pelo caminho uma proposta mais vantajosa neste sentido do Fluminense, time que o revelou, para fechar com o Alvinegro.

+ Felipe Neto, Marcelo Adnet e criptomoeda: a operação financeira do Botafogo para contratar Rafael

Rafael recebeu propostas de dois clubes brasileiros desde que deixou o Basaksehir, da Turquia, em junho, justamente os dois rivais cariocas. O Tricolor, inclusive, enviou uma proposta oficial ao lateral-direito primeiro que o Botafogo, mas a vontade de defender o clube de coração falou mais alto.

Por conta das dificuldades financeiras, o salário de Rafael será adequado à realidade dos cofres do Botafogo - e, por isto, longe do que um jogador com o currículo que ele possui poderia pedir. O Fluminense havia oferecido cifras mensais quase três vezes maior comparadas com as do Alvinegro.

Outros clubes do país que observaram e sondaram a situação de Rafael foram Fortaleza, São Paulo e Atlético-MG, mas não chegaram a fazer nenhum tipo de proposta concreta.

Em certo momento da última semana, o Fluminense esteve na frente do Botafogo na "corrida" por Rafael, mas o Alvinegro foi avisado sobre a situação rolando com o rival e, então, a diretoria se mobilizou para criar um plano financeiro e tentar fazer uma proposta ao jogador.

O lateral-direito, portanto, realmente colocou a identificação criada com o clube de General Severiano desde criança na frente de qualquer outro interesse financeiro. O jogador foi oficializado nesta quarta-feira.

*O Fluminense entrou em contato com a reportagem após a publicação e negou que tenha feito proposta a Rafael. O LANCE! mantém a apuração.