Botafogo

Botafogo foi o campeão da Série B (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

Sergio Santana
01/01/2022
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

O elenco do Botafogo sofreu uma drástica reduzida neste sábado, primeiro dia de 2022. Com o ano novo, 17 jogadores chegaram ao fim do contrato com o clube de General Severiano - entre atletas que retornaram aos clubes de origem após empréstimos e outros fora dos planos.

+ Botafogo está perto de contratar dupla ex-Goiás: saiba as contratações, saídas e sondagens do clube

A diretoria ainda busca acordos com alguns, tendo o intuito de tê-los por mais no Estádio Nilton Santos. São os casos de Marco Antônio, Barreto e Luís Oyama - que atuaram por empréstimo junto a Bahia, Criciúma e Mirassol, respectivamente, em 2021.

Dos três, a situação que possui capítulos fixos é a de Oyama. O Botafogo enviou uma proposta de compra para o Mirassol, que recusou os números apresentados. Recentemente, o volante afirmou que a situação dependia "exclusivamente" do Alvinegro e que sua vontade é de permanecer - na prática, o clube ainda precisa se entender financeiramente com os paulistas.

Outros casos trazem à tona jogadores que já acertaram com outros clubes para a nova temporada. Casos como o de Rafael Navarro, novo jogador do Palmeiras após a 'novela da renovação' com o Alvinegro, Gilvan, com o CRB, e Ricardinho, do Paysandu.

Três jogadores que estavam fora dos planos e não tiveram muito espaço em 2021 também se despedem do clube: Diego Cavalieri, Cesinha e Barrandeguy. O goleiro, inclusive, havia feito um acordo para rescindir o vínculo com o clube em setembro, mas o contrato foi desativado nos registros da CBF e da FERJ apenas neste sábado.

RETORNOS
Nem só de saídas vive o Botafogo neste primeiro dia de 2022. Dois jogadores retornam ao clube após passarem parte do ano passado emprestados para outras equipes. São os casos de Luiz Fernando, que defendeu o Grêmio, e Marcinho, que atuou pelo Vitória na reta final da Série B.

+ Ele fica! Botafogo confirma a permanência de Enderson Moreira

O primeiro, inicialmente, está nos planos de Enderson Moreira e fará parte da pré-temporada, que se inicia na próxima segunda-feira. Por ter um alto salário, contudo, a diretoria não descarta negociá-lo se surgir uma proposta. O status de momento é que o atacante vai integrar o elenco.

O segundo, por outro lado, não tem futuro garantido no Glorioso. Apesar de ter colocado boas atuações no Vitória nos meses finais da temporada, o Botafogo não tem interesse em continuar com Marcinho e vai buscar um novo destino ao atacante, seja um novo empréstimo ou até mesmo a rescisão de contrato.

Marcelo Benevenuto e Rafael Forster, que atuaram, respectivamente, cedidos a Fortaleza e Juventude em 2021, acertaram com os clubes de forma definitiva e não têm mais vínculo com o Glorioso.

JOGADORES COM O CONTRATO ENCERRADO
​Cesinha - Retornou ao TAC
Diego Cavalieri
Federico Barrandeguy
Gilvan - Acertou com o CRB
Barreto - Botafogo tem interesse na permanência
Jonathan Lemos - Acertou com o Bahia
Luís Oyama - Botafogo tem interesse na permanência
Luiz Henrique - Retornou ao Fortaleza
​Marco Antônio - Botafogo tem interesse na permanência
​Matheus Frizzo - Retornou ao Grêmio
Pedro Castro - Acertou com o Cruzeiro
​Pedrinho
Rafael Moura
​Rafael Navarro - Acertou com o Palmeiras
​Ricardinho - Acertou com o Paysandu
Warley

QUEM FICA?
Outros jogadores chegaram ao fim dos vínculos neste sábado, mas devem ter novos contratos publicados nos registros da CBF em breve. São os casos de Carlinhos, Daniel Borges, Douglas Borges, Kayque e Lucas Mezenga.

Carlinhos e Kayque assinaram renovações até o fim do Campeonato Carioca. Douglas Borges, por sua vez, tem a renovação de contrato por mais um ano encaminhada junto à diretoria.

Após bater metas de jogos disputados, Daniel Borges foi adquirido em definitivo junto ao Mirassol e é mais um que fica no Botafogo. O jogador vai assinar um contrato válido até dezembro de 2023 com o clube.