Atlético-MG x URT - Marcos Rocha (Foto: Pedro Vilela/LANCE!Press)

Marcos Rocha Já levantou seis taças pelo Galo: Campeonato Mineiro - 2012, 2013 e 2015 -, Copa Libertadores-2013, Copa do Brasil-2014 e Recopa Sul-Americana-2014 (Foto: Pedro Vilela/LANCE!Press)

LANCE!
03/12/2015
17:37
Belo Horizonte (MG)

2012, 2013, 2014 e 2015: Pelo quarto ano consecutivo, Marcos Rocha, do Atlético-MG, foi eleito o lateral-direito eleito pela CBF para a Seleção do Campeonato Brasileiro. Titular em 21 rodadas, o camisa 2 revelou surpresa pela conquista do tetra:

- Creio que o ponto principal foi a minha regularidade. Rentei manter isso nos 24 jogos que dispitei deopis dede um longo período de inatividade. mas não deixei de fixcar surpreso, até assustado. Afinal, em relação aos meus concorrentes, eu joguei bem menos - disse à "Rádio Itatiaia".

Marcos Rocha aproveitou para dar uma alfinetada nos críticos, lembrando que em todos os anos que venceu, ele foi questionado por alguma coisa.

- Este prêmio coroa um ano difícil para mim, com lesões e por isso acabo desabafando. Mas sempre confiei no meu trabalho, mesmo recebendo algumas críticas. Em 2012 viviam pegando no meu pé. Em 2013 tive aquele problema com o Cuca (uma reclamação ao ser substituído) e fui criticado. Em 2014 e agora neste ano, tinha gente pegando no meu pé. Mas isso não altera em nada os meus objetivos traçados, pois os torcedores me apoiam muito, os companheiros também e me motivo a cada jogo e a cada treino.

Apesar da hegemonia na lateral-direita do Campeonato Brasileiro, Marcos Rocha não conseguiu uma sequência na Seleção Brasileira entre 2012 e 2015. Mas isso não desmotiva o lateral.

- Quase não tive oportunidades. Mas vou continuar trabalhando e continuar meu espaço na Seleção. Sei que somos representados por um jogador do Barcelona e outro do Real Madrid. Mas se em algum momento o treinador Dunga quiser eu estarei preparado.