Hyoran fez o gol da vitória do Galo no jogo-treino contra o América-MG

Hyoran já foi de herói a vilão com a camisa do Galo em 2020-(Bruno Cantini/Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
28/08/2020
18:17
Belo Horizonte

O ano de 2020 do meia Hyoran tem sido de muitas cobranças quanto ao seu futebol. O jogador, de 27 anos já sentiu o gosto de ser herói em campo, quando marcou dois gols diante do Corinthians, mas também de quase vilão ao ser criticado por suas atuações.

O próprio jogador admite que precisa melhorar seu rendimento e contou ter pedido conselhos ao técnico Jorge Sampaoli para ser o armador principal da equipe atleticana.

-Eu me sinto em condições (de estar bem em campo). Venho conversando com o Sampaoli sobre isso, sobre algumas coisas dentro de campo que eu sinto que preciso melhorar, pedindo conselhos para ele (Sampaoli), que é um cara muito inteligente. Quero ajudar o Atlético, estou me sentindo em condições mesmo sabendo que preciso melhorar em alguns detalhes, como o último passe e a finalização- disse o meia que prefere se concentrar no trabalho do que ouvir sobre as especulações da chegada de outro jogador para a sua posição.

-A especulação a gente não pode dar muita conversa. Se chegar jogador, a gente sabe que vai vir para agregar e ajudar, tem campeonatos importantes, agora o Mineiro e depois o Brasileiro. Então, a gente precisa ter um elenco qualificado. A gente sabe que se chegar vai ser para agregar. Tenho que estar focado no momento e não nas especulações-comentou.

Mesmo com atuações oscilantes, Hyoran se sente bem para desempenhar a articulação no meio de campo alvinegro.

-Estou me sentindo muito bem, talvez pecando em alguns detalhes, mas estou me sentindo bem na forma de jogar. Não só eu, mas todos os jogadores estão se sentindo assim. O Sampaoli implementou essa forma, e a gente se adaptou. Com certeza, tem algumas coisas para evoluir ainda, mas acredito que as coisas vão acontecer. Estou me sentido bem, no melhor da minha forma física, a gente trabalhou forte para ficar assim, agora é acertar os detalhes para as coisas acontecerem-concluiu.