Atlético-MG x Fluminense

Foi uma noite de busca intensa pelo gol, mas desta vez o Galo não conseguiu a virada no Mineirão-(LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)

Valinor Conteúdo
14/10/2020
23:44
Belo Horizonte

O Atlético-MG teve um momento inicial claudicante diante do Fluminense, o que culminou no empate por 1 a 1 com a equipe carioca, nesta quarta-feira, 14 de outubro, no Mineirão, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time mineiro, porém, conseguiu se estabilizar, e imprimiu o seu ritmo habitual de pressão no rival.

Só que desta vez, não conseguiu virar o resultado, depois do golaço de Caio Paulista no primeiro tempo. O empate de Guilherme Arana deu a sensação que seria outra noite de “Galo a la Sampaoli”, que leva o primeiro gol e depois consegue sair com os três pontos. Foi o primeiro empate do Atlético no campeonato, que havia perdido quatro jogos e vencido os outros 10. Resumo: o Galo perdia ou ganhava no Brasileiro.

Apesar de manter a ponta do campeonato , o autor do gol alvinegro, Guilherme Arana, achou que o Galo deu “bobeira” diante do Flu e quer uma reação da equipe na próxima rodada, diante do Bahia, segunda-feira, 19 de outubro, em Salvador.

-O primeiro tempo a gente não entrou do jeito que a gente estava entrando nas outras partidas. O Brasileiro é muito difícil, não pode dar bobeira. Seguimos. O grupo vem trabalhando, se esforçando. No próximo jogo a gente não pode dar bobeira de começar sem atenção, e sim começar todas as partidas como a gente entrou no segundo tempo- disse o lateral do Atlético-MG após o jogo em entrevista à TV Globo.

O Atlético-MG está com 31 pontos, mesma pontuação do Internacional, mas supera o Colorado nos critérios de desempate. O outro perseguidor do Galo, o Flamengo, está com 30 pontos, mas pode superar mineiros e gaúchos nesta quinta-feira, pois enfrenta o Red Bull Bragantino às 20h, no Maracanã e poderá assumir provisoriamente a ponta da tabela.