Cruzeiro x Atlético-MG - Rodrigo Marques de Santana

Técnico atleticano diz que vai ter uma equipe forte para se manter entre os primeiros no Brasileiro-(Bruno Cantini / Atlético)

Valinor Conteúdo
19/07/2019
18:12
Belo Horizonte

A eliminação na Copa do Brasil para o Cruzeiro não teve o efeito devastador que uma derrota para o maior rival pode gerar pelo grande desempenho do time, que conseguiu vencer a Raposa por 2 a 0, quase conseguindo a classificação às semifinais do mata-mata.

Com esse cenário, o Galo quer aproveitar o bom futebol do time e buscar os três pontos diante do Fortaleza, domingo, 21 de julho, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. E, o técnico Rodrigo Santana quer ter um time forte, a sua força máxima contra os cearenses, mesmo tendo o início de outra decisão de mata-mata, na quarta-feira, 24, contra o Botafogo, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Rodrigo disse, na sua entrevista coletiva desta sexta-feira que pretende utilizar força máxima no Independência, mas deve poupar Jair e Otero.

-Nosso planejamento é ter força máxima. Estava reunido ali com nosso fisiologista. Na verdade, hoje é o dia que bate o cansaço, a noite que eles conseguem dormir, descansar melhor, pois a última ainda tinha muita adrenalina no corpo. Após o clássico, chegaram jogadores muito cansados, mas nosso objetivo é ir com força máxima no domingo. Vamos aguardar, para ver como eles vão estar, muitos a gente vai ter que segurar aqui dentro ainda, para amanhã ter um desfecho melhor e sabe quem estará pronto para domingo-disse o treinador, que aproveitou para explicar a não utilização de Jair e Otero.

-A gente vê o Jair como um jogador titular, nos dois últimos jogos ele entrou e foi muito bem, saiu pois me pediu, disse ‘professor, cansei’. Pois fez um jogo muito desgastante, correu quase 12 quilômetros lá em Chapecó, viajou a madrugada toda, fez um jogo de alta intensidade, já tinha o amarelo, estava discutindo muito com o árbitro ali, aí procuramos colocar uma referência. Mas é um cara muito útil, e se tiver em condições de jogo, para domingo com certeza vai ter, mas se for sobrecarregar na quarta, a gente prefere poupar, pois sabemos que quarta temos um jogo importante-explicou, para em seguida, comentar sobre Otero.

-O Otero entra mais ou menos no caso do Jair, que não vinha com sequência. Além de um ano fora, em campeonato onde não tem tanta competitividade quanto o Brasileiro e essa sequência de jogos, além disso, ele ainda ficou três semanas na casa dele, de férias. Temos que ter cautela, para não estourar e perder um jogador muito importante, não só nos 90 como na bola parada- concluiu.

O possível time titular contra a equipe de Rogério Ceni deve ter:: Victor; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Zé Welison (Jair) e Elias; Chará, Luan (Otero) e Cazares; Alerrandro.