Brasiliense x Atlético-MG - Comemoração Atlético

Fábio Gomes marcou o único gol da partida e garantiu a classificação alvinegra - Foto: Pedro Souza / Atlético

Filipe Sodré - Valinor Conteúdo
22/05/2022
20:54
Belo Horizonte (MG)

Neste domingo, em partida válida pela volta da terceira da Copa do Brasil, o Atlético-MG venceu o Brasiliense por 1 a 0, em Cariacica, no Espírito Santo. Com o resultado, somado ao 3 a 0 do jogo de ida, o Galo se classificou às oitavas de final da Copa do Brasil. Fábio Gomes marcou o gol que confirmou a classificação da equipe treinada por Turco Mohamed.

GALERIA: Teve provocação! Torcedores de Corinthians e São Paulo fazem memes após o clássico

O JOGO
Com a tranquila vantagem que foi construída no Mineirão, o Atlético, escalado com um time alternativo, começou partida com um ritmo muito lento. O Brasiliense, por sua vez, optou pela marcação em bloco. Apesar do primeiro tempo sem tantas ocasiões de ambos os lados, o Galo saiu na frente após Sávio encontrar na área Fábio Gomes, que concluiu de cabeça e marcou o único gol do jogo.

Na segunda etapa, mesmo cenário. Com o resultado controlado, o Atlético-MG mantinha a posse de bola, enquanto o Brasiliense não fazia questão de se lançar ao ataque. Na metade de partida no tempo complementar, Turco Mohamed optou por alterar o esquema tático, retirando um dos três zagueiros, Réver, e colocando Guilherme Castilho, meio-campista.

Mesmo com a alteração tática, o Galo continuou sem ter muitas oportunidades, apresentando lentidão nas transições, no aguardo do fim do jogo. Com a classificação, o alvinegro garante uma premiação de R$ 3 milhões. 

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
BRASILIENSE 0X1 ATLÉTICO-MG
Data: 22 de maio de 2022
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Independência, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Douglas Marques das Flore (SP)
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Luiz Alberto Andrini Nogueira (ambos de SP)
Cartões amarelos: Igor Rabello (CAM), Radamés (BRA), Bernardo (BRA) e Andrezinho (BRA).
Gols marcados: Fábio Gomes, aos 17'/1ºT (0-1).

BRASILIENSE (Técnico: Celso Teixeira)
Edmar Sucuri; Andrezinho, Badhuga, Keynan e Goduxo; Aldo, Radamés (Wallace, aos 32'/2ºT), Daniel Alagoano (Matheus Barbosa, aos 30'/2ºT) e Zotti (Bernardo, aos 13'/2ºT); Luquinhas (Tobinha, aos 13'/2ºT) e Marcão (Hernane Brocador, aos 13'/2ºT).

ATLÉTICO-MG (Técnico: Turco Mohamed)
Rafael; Mariano, Igor Rabello, Réver (Guilherme Castilho, aos 18'/2ºT), Diego Godín e Rubens (Ademir, aos 25'/2ºT); Otávio (Neto, aos 32'/2ºT) e Calebe; Eduardo Sasha (Felipe Felício, aos 25'/2ºT), Sávio (Guga, aos 32'/2ºT) e Fábio Gomes.