Patric

Patric tem sua história no futebol ligada a vários clubes, mas no Galo que construiu a maior parte de sua carreira no futebol- (Bruno Cantini/Atlético)

Valinor Conteúdo
10/10/2019
13:22
Belo Horizonte

Dois gigantes nacionais, Flamengo e Atlético-MG, mediram forças em partida que fechou a 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O rubro-negro venceu o Galo por 3 a 1  lidera a competição, enquanto o Galo está em 11º lugar.

A partida em si só já seria bastante motivante para o lateral-direito atleticano, Patric. No entanto, o camisa 2 do Galo teve uma marca importante, mesmo com revés em campo.  Ele completou contra o Flamengo a sua partida de número 500 como jogador profissional. Catarinense, Patric fez o seu primeiro jogo como profissional aos 18 anos vestindo a camisa do Criciúma, em duelo diante do Avaí, pela Série B.

De lá para cá rodou por outros estados importantes do Brasil. Além de Santa Catarina e Minas Gerais, o lateral também jogou em Pernambuco, Bahia, Paraná e São Paulo. Em 2009, teve uma experiência internacional no Benfica, de Portugal, sendo treinado justamente por Jorge Jesus, rival desta quinta-feira.

Patric não escondeu a emoção pela expressiva marca.

-Diria que é um sonho realizado. Quem me conhece desde o começo sabe o quanto batalhei para chegar até aqui. Chegar a uma marca de 500 jogos é algo especial, ainda mais defendendo clubes tão importantes do Brasil e do exterior. Estou feliz pela conquista, mas sou um cara que sempre quero mais e buscarei, com muito trabalho, aumentar ainda mais essa marca- declarou o jogador de 30 anos.

Com 500 jogos na carreira, Patric tem no Atlético Mineiro a equipe que mais defendeu. No Galo fez 172 partidas e já marcou 11 gols.

-Não é novidade para ninguém o carinho e o respeito que tenho pelo Galo. É minha segunda casa e minha segunda pele. São poucos que conseguem ter 10 anos de vínculo num clube desta magnitude. Fico lisonjeado de chegar aos 500 jogos na carreira justamente vestindo uma camisa tão importante. Quero dar muitas alegrias e títulos ao torcedor- garantiu o jogador que tem canecos estaduais em: Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná, Pernambuco e Bahia, além de um título regional, a Copa do Nordeste de 2014 pelo Sport e o Sul-Americano Sub-20 com a seleção brasileira em 2009.


Jogos de Patric por equipes:

Atlético-MG – 173 jogos e 11 gols
Sport – 90 jogos e 15 gols
Avaí – 78 jogos e 6 gols
Vitória – 49 jogos e 2 gols
Criciúma – 43 jogos e 1 gol
Náutico – 22 jogos e 1 gol
Coritiba – 21 jogos e 1 gol
Ponte Preta – 11 jogos e 1 gol
São Caetano – 5 jogos e 1 gol
Benfica – 5 jogos
Cruzeiro – 3 jogos
Total – 499 jogos e 39 gols