icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
20/08/2015
10:46

A boa fase das duplas brasileiras no Circuito Mundial 2015 deu mais uma amostra nesta quarta-feira. Pelo torneio feminino, quatro das cinco duplas que representam o país terminaram o dia com duas vitórias, na liderança de seus grupos no Grand Slam de Long Beach, nos Estados Unidos. Único time que não venceu, Lili e Carolina Horta seguem com chances de classificação à próxima fase da competição.

A fase de grupos será encerrada nesta quinta-feira, quando cada dupla disputa mais uma partida. A sexta-feira terá partidas da repescagem e oitavas de final, enquanto as quartas de final e semifinais serão no sábado. A final e a disputa de bronze ocorrem no domingo.

As campeãs mundiais Ágatha e Bárbara Seixas foram as primeiras a entrar em quadra pelo país. Na estreia, vitória tranquila por 2 sets a 0 (21/11, 21/16), em 34 minutos, sobre as russas Anastasia Barsuk e Maria Prokopeva.

Em seguida, superaram a pressão da torcida local e derrotaram as donas da casa Emily Day e Jennifer Kessy por 2 sets a 0 (21/16, 21/19), em 40 minutos. Elas decidem a primeira posição do grupo A contra as polonesas Monika Brzostek e Kinga Kolosinska.

Quem também fez bonito em Long Beach foi a parceria de Juliana e Maria Elisa. Sem dificuldades, as atuais campeãs do Circuito Mundial aplicaram 2 sets a 0 sobre as norte-americanas Dicello/Vanzwieten (21/11, 21/16), em 34 minutos. Na segunda rodada, vitória sobre Natalia Dubovcova e Dominika Nestarcova, da Eslováquia (21/12 e 21/13). Elas decidem o primeiro lugar do grupo C diante das alemãs Katrin Holtwick e Ilka Semmler, que também tiveram duas vitórias no primeiro dia de competições.

Larissa e Talita confirmaram vaga ao menos na repescagem com triunfos sobre as norte-americanas Nicole Branagh e Jenny Kropp, por 2 sets a 0 (21/12, 21/13), em 29 minutos, e contra as alemãs Chantal Laboureur/Julia Sude, de virada, por 2 sets a 1 (22/24, 21/18 e 15/11), em 46 minutos. Valendo a ponta do grupo B, nesta quinta-feira, as campeãs do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Open enfrentam Kristina Valjas e Jamie Broder, do Canadá.

Já Maria Clara e Carolina superaram Tanja Goricanec e Tanja Hüberli, da Suíça, de virada: 2 sets a 1 (19/21, 21/13 e 18/16), em 58 minutos. O segundo duelo foi parecido, mas as irmãs Salgado novamente cresceram e superaram Jennifer Fopma e Brittany Hochevar, dos Estados Unidos, também por 2 sets a 1 (21/19, 21/23 e 15/9), em 55 minutos. Uma vitória nesta quinta-feira, diante das australianas Louise Bawden/Taliqua Clancy, garante às cariocas a primeira colocação do grupo G.

Lili e Carol Horta acumularam dois tropeços na abertura da fase de grupos, mas seguem com chances de classificação. A capixaba e a cearense começaram com tropeço para as italianas Marta Menegatti e Viktoria Orsi Toth por 2 sets a 1 (21/18, 19/21, 15/10), em 55 minutos. Horas depois, foram superadas pelas norte-americanas April Ross e Kerri Walsh por 2 sets a 0 (21/12, 21/10), em 33 minutos. As brasileiras enfrentam as alemãs Victoria Bieneck/Julia Großner e precisam da vitória para conquistarem uma a vaga à repescagem.

A boa fase das duplas brasileiras no Circuito Mundial 2015 deu mais uma amostra nesta quarta-feira. Pelo torneio feminino, quatro das cinco duplas que representam o país terminaram o dia com duas vitórias, na liderança de seus grupos no Grand Slam de Long Beach, nos Estados Unidos. Único time que não venceu, Lili e Carolina Horta seguem com chances de classificação à próxima fase da competição.

A fase de grupos será encerrada nesta quinta-feira, quando cada dupla disputa mais uma partida. A sexta-feira terá partidas da repescagem e oitavas de final, enquanto as quartas de final e semifinais serão no sábado. A final e a disputa de bronze ocorrem no domingo.

As campeãs mundiais Ágatha e Bárbara Seixas foram as primeiras a entrar em quadra pelo país. Na estreia, vitória tranquila por 2 sets a 0 (21/11, 21/16), em 34 minutos, sobre as russas Anastasia Barsuk e Maria Prokopeva.

Em seguida, superaram a pressão da torcida local e derrotaram as donas da casa Emily Day e Jennifer Kessy por 2 sets a 0 (21/16, 21/19), em 40 minutos. Elas decidem a primeira posição do grupo A contra as polonesas Monika Brzostek e Kinga Kolosinska.

Quem também fez bonito em Long Beach foi a parceria de Juliana e Maria Elisa. Sem dificuldades, as atuais campeãs do Circuito Mundial aplicaram 2 sets a 0 sobre as norte-americanas Dicello/Vanzwieten (21/11, 21/16), em 34 minutos. Na segunda rodada, vitória sobre Natalia Dubovcova e Dominika Nestarcova, da Eslováquia (21/12 e 21/13). Elas decidem o primeiro lugar do grupo C diante das alemãs Katrin Holtwick e Ilka Semmler, que também tiveram duas vitórias no primeiro dia de competições.

Larissa e Talita confirmaram vaga ao menos na repescagem com triunfos sobre as norte-americanas Nicole Branagh e Jenny Kropp, por 2 sets a 0 (21/12, 21/13), em 29 minutos, e contra as alemãs Chantal Laboureur/Julia Sude, de virada, por 2 sets a 1 (22/24, 21/18 e 15/11), em 46 minutos. Valendo a ponta do grupo B, nesta quinta-feira, as campeãs do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Open enfrentam Kristina Valjas e Jamie Broder, do Canadá.

Já Maria Clara e Carolina superaram Tanja Goricanec e Tanja Hüberli, da Suíça, de virada: 2 sets a 1 (19/21, 21/13 e 18/16), em 58 minutos. O segundo duelo foi parecido, mas as irmãs Salgado novamente cresceram e superaram Jennifer Fopma e Brittany Hochevar, dos Estados Unidos, também por 2 sets a 1 (21/19, 21/23 e 15/9), em 55 minutos. Uma vitória nesta quinta-feira, diante das australianas Louise Bawden/Taliqua Clancy, garante às cariocas a primeira colocação do grupo G.

Lili e Carol Horta acumularam dois tropeços na abertura da fase de grupos, mas seguem com chances de classificação. A capixaba e a cearense começaram com tropeço para as italianas Marta Menegatti e Viktoria Orsi Toth por 2 sets a 1 (21/18, 19/21, 15/10), em 55 minutos. Horas depois, foram superadas pelas norte-americanas April Ross e Kerri Walsh por 2 sets a 0 (21/12, 21/10), em 33 minutos. As brasileiras enfrentam as alemãs Victoria Bieneck/Julia Großner e precisam da vitória para conquistarem uma a vaga à repescagem.