HOME - Entrevista coletiva no Vasco - Eurico Miranda (Foto: Paulo Sérgio/LANCE!Press)

Eurico reafirma não ser mais candidato a presidência do Vasco da Gama (Foto: Paulo Sérgio/LANCE!Press)

LANCE!
17/01/2018
14:48
Rio de Janeiro (RJ)

Na tarde desta terça-feira, Eurico Miranda, um dos administradores em exercício no Vasco ao lado de Julio Brant e Fernando Horta, concedeu entrevista coletiva para esclarecer algumas situações que estão rondando o clube carioca, como a decisão judicial de 'dividir' a presidência neste período de vacância, e os próximos jogos do Cruz-maltino, no Carioca e na Libertadores:

- Eu não vou assumir nenhuma responsabilidade diante da decisão que veio do juízo. Não vou assumir responsabilidade tripartida. Hoje a decisão é que as coisas sejam dividias em três, a primeira delas é o jogo, quem é o responsável pelo jogo? Eu não serei. O jogo não se faz só por que está marcado, e o presidente tem responsabilidade direta, tem venda de ingresso, ter bilheteiro, roleteiro, segurança, tem que ter um responsável.

Eurico disse que não faz mais parte das tomadas de decisões do Vasco e falou sobre a partida desta quinta-feira contra o Bangu, em São Januário:

- O jogo dificilmente será realizado. Pode até acontecer, não comigo de responsável. Eles estiveram aqui para saber quem é o responsável pelo jogo, mas não tem. Se eles quiserem, eles que assumam bilheteria, catraca, tudo... - falou o ex-presidente

- Eu tenho uma viagem para o Chile, as passagens precisam ser pagas, já estou avisando, hoje era o ultimo dia para pagar, eles que providenciem o pagamento, eu não vou me reunir com ninguém pra saber se eu tenho que pagar, eu não tomo mais medidas - complementou Eurico, falando sobre a primeira partida do Vasco na Libertadores, contra o Universidade Concepción, no país andino.

Quando perguntado sobre uma possível reunião com os outros dois candidatos, Eurico foi sucinto e reafirmou não ser mais candidato a presidência do clube:

- Eu não tenho que me reunir com os outros dois, não estou aberto, não vou impedir de assumir, mas também não vou fazer as coisas como acontecem aí fora, nem ele nem ninguém vai me dar advertência. Eu não sou candidato, eles que disputem entre eles, não tenho responsabilidade nenhuma, zero, daqui pra frente, a responsabilidade é da magistrada que tomou a decisão, ela que bote dinheiro aqui pra pagar as coisas necessárias a serem feitas - finalizou Eurico.

O Cruz-maltino faz sua estreia nesta quinta-feira pelo Campeonato Carioca, contra o Bangu, às 19:30, em São Januário.

placeholder