icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/07/2013
21:47

No clássico contra o Flamengo, alguns jogadores do Botafogo, especialmente no primeiro tempo, tiveram uma boa atuação. Um deles foi o uruguaio Lodeiro, que ainda busca uma melhor sequência de jogos no Campeonato Brasileiro. Na opinião do volante Gabriel, o camisa 14 vem se empenhando nos treinamentos para voltar a ser um dos atletas mais importantes do elenco alvinegro.

- Ele está treinando forte. Treinamento de seleção é diferente do daqui. Ele tem isso em mente, e nesses dois últimos jogos já voltou ao ritmo normal, de antes da Copa das Confederações. Ele é um jogador que nós precisamos muito . No Carioca foi um dos mais importantes para o título - garantiu o camisa 15.

E MAIS:

>Gabriel esperava um resultado melhor no primeiro jogo no Maraca

L!TV:

>Gabriel comenta emoção de jogar no Maraca

O volante também analisou as substituições feitas por Oswaldo de Oliveira. O treinador, na metade do segundo tempo, sacou Vitinho e pôs Renato, atraindo ainda mais o Flamengo para o seu campo de defesa. Para Gabriel, a medida foi correta, porém, o gol sofrido no fim pôs tudo a perder:

- Pela pressão do Flamengo, ficamos um pouco mais defensivos e reforçamos a marcação. Recuamos para chamar o Flamengo e jogar nos contra-ataques. Infelizmente tomamos gol no fim do jogo. Se segurássemos o resultado, sairíamos como o time que suportou bem.

No clássico contra o Flamengo, alguns jogadores do Botafogo, especialmente no primeiro tempo, tiveram uma boa atuação. Um deles foi o uruguaio Lodeiro, que ainda busca uma melhor sequência de jogos no Campeonato Brasileiro. Na opinião do volante Gabriel, o camisa 14 vem se empenhando nos treinamentos para voltar a ser um dos atletas mais importantes do elenco alvinegro.

- Ele está treinando forte. Treinamento de seleção é diferente do daqui. Ele tem isso em mente, e nesses dois últimos jogos já voltou ao ritmo normal, de antes da Copa das Confederações. Ele é um jogador que nós precisamos muito . No Carioca foi um dos mais importantes para o título - garantiu o camisa 15.

E MAIS:

>Gabriel esperava um resultado melhor no primeiro jogo no Maraca

L!TV:

>Gabriel comenta emoção de jogar no Maraca

O volante também analisou as substituições feitas por Oswaldo de Oliveira. O treinador, na metade do segundo tempo, sacou Vitinho e pôs Renato, atraindo ainda mais o Flamengo para o seu campo de defesa. Para Gabriel, a medida foi correta, porém, o gol sofrido no fim pôs tudo a perder:

- Pela pressão do Flamengo, ficamos um pouco mais defensivos e reforçamos a marcação. Recuamos para chamar o Flamengo e jogar nos contra-ataques. Infelizmente tomamos gol no fim do jogo. Se segurássemos o resultado, sairíamos como o time que suportou bem.