icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/07/2013
15:54

O Vasco entrará em campo, no clássico deste domingo, contra o Fluminense, no Maracanã, vestindo uma réplica do uniforme usado no Campeonato Carioca de 1923, conquistado por uma equipe formada por negros e operários. Na época, a atitude do clube de São Januário, que hoje em dia é motivo de orgulho, foi repudiada pelos adversários.

A camisa, que será lançada na partida contra o rival Tricolor, e faz referências contra o racismo, já está à venda por R$ 149,90 nas lojas oficias do cruz-maltino. Além da vestimenta uma linha de produtos está sendo comercializada seguindo a temática contra o preconceito racial.

LEIA MAIS:
> Na véspera do clássico contra o Vasco, Abel treina jogadas ensaiadas
> Em treino na Colina, Dorival mantém time titular em coletivo

Vale lembrar que nesta sexta-feira, a Penalty, fornecedora esportiva do Cruz-Maltino, lançou a terceira camisa do time. O novo uniforme é retrô e faz homenagem ao navegador português que dá nome ao clube.

O Vasco entrará em campo, no clássico deste domingo, contra o Fluminense, no Maracanã, vestindo uma réplica do uniforme usado no Campeonato Carioca de 1923, conquistado por uma equipe formada por negros e operários. Na época, a atitude do clube de São Januário, que hoje em dia é motivo de orgulho, foi repudiada pelos adversários.

A camisa, que será lançada na partida contra o rival Tricolor, e faz referências contra o racismo, já está à venda por R$ 149,90 nas lojas oficias do cruz-maltino. Além da vestimenta uma linha de produtos está sendo comercializada seguindo a temática contra o preconceito racial.

LEIA MAIS:
> Na véspera do clássico contra o Vasco, Abel treina jogadas ensaiadas
> Em treino na Colina, Dorival mantém time titular em coletivo

Vale lembrar que nesta sexta-feira, a Penalty, fornecedora esportiva do Cruz-Maltino, lançou a terceira camisa do time. O novo uniforme é retrô e faz homenagem ao navegador português que dá nome ao clube.