icons.title signature.placeholder Lucas Faraldo
06/11/2014
09:01

O Corinthians precisa refazer as contas se ainda quiser entrar no seleto grupo dos quatro primeiros colocados do Campeonato Brasileiro. Com seis rodadas pela frente, o Timão tem a árdua missão de igualar o aproveitamento do líder Cruzeiro para assegurar vaga na Libertadores da próxima temporada.

Internamente, a meta do clube para retornar à Libertadores é atingir 66 pontos. Com tal pontuação, a equipe alvinegra estaria garantida no pelotão de frente do Brasileirão. O tropeço contra o Coritiba na última rodada não parece ter diminuído a confiança dos corintianos.

– Estamos brigando, está tudo embolado, um monte de gente brigando pela Libertadores. A gente sabe que rodada a rodada pode ir para segundo ou terceiro, aí empata e vai para sétimo. Faltam seis partidas e temos totais condições de classificar – opinou Bruno Henrique.

Hoje com 54 pontos (56,2% de aproveitamento), o Corinthians precisa de quatro vitórias nas últimas seis partidas do ano para atingir a meta. Somar 12 pontos em 18 disputados corresponde a um aproveitamento de 66,7%.

Curiosamente, tal aproveitamento é exatamente o mesmo do Cruzeiro nas 32 partidas já disputadas da competição. Líder desde a sexta rodada, a Raposa tem 64 pontos, dez a mais do que o Corinthians.

–  A gente entrou no Campeonato Brasileiro pensando em algo, entramos brigando para ser campeão. Infelizmente foram acontecendo algumas coisas ao longo da temporada. O Cruzeiro se destoou das demais equipes, por exemplo – comentou o zagueiro Gil, “jogando a toalha” para o título brasileiro.