icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/07/2013
15:16


Técnico Abel Braga foi o mais criticado pela torcida (Foto: Reprodução Internet)

Após a segunda derrota seguida no Campeonato Brasileiro, a torcida do Fluminense perdeu a paciência com o time e pichou o muro das Laranjeiras na madrugada de segunda para terça. O principal alvo dos vândalos foi o técnico Abel Braga. Esta foi a segunda vez em 2013 que a sede do clube amanheceu pichada.

Pichações como "Fora Abel" e críticas a frases recentemente utilizadas pelo treinador como: "Zaga para seis anos" e "0 a 0 melhor que 2 a 1" puderam ser vistas no muro da sede tricolor. Além dessas, o planejamento para 2013 também foi alvo da ira dos torcedores.

LEIA MAIS:
>Reforço do presidente, Monzón deixa o Fluminense sem render o esperado
>Fluminense volta a enfrentar atraso de salários e não tem previsão de solução
>Segundo site catalão, Samuel já se despediu dos companheiros de Flu

RELEMBRE:
>Revoltada, torcida do Flu picha muro da sede e pede saída de Abel Braga

O ato de vandalismo aconteceu de madrugada e os funcionários do clube pintaram o muro logo pela manhã desta terça-feira, mas ainda era possível ler algumas palavras. A última pichação da torcida nas Laranjeiras foi logo após a eliminação do clube na Libertadores, quando perdeu para o Olimpia, nas quartas de final.


Técnico Abel Braga foi o mais criticado pela torcida (Foto: Reprodução Internet)

Após a segunda derrota seguida no Campeonato Brasileiro, a torcida do Fluminense perdeu a paciência com o time e pichou o muro das Laranjeiras na madrugada de segunda para terça. O principal alvo dos vândalos foi o técnico Abel Braga. Esta foi a segunda vez em 2013 que a sede do clube amanheceu pichada.

Pichações como "Fora Abel" e críticas a frases recentemente utilizadas pelo treinador como: "Zaga para seis anos" e "0 a 0 melhor que 2 a 1" puderam ser vistas no muro da sede tricolor. Além dessas, o planejamento para 2013 também foi alvo da ira dos torcedores.

LEIA MAIS:
>Reforço do presidente, Monzón deixa o Fluminense sem render o esperado
>Fluminense volta a enfrentar atraso de salários e não tem previsão de solução
>Segundo site catalão, Samuel já se despediu dos companheiros de Flu

RELEMBRE:
>Revoltada, torcida do Flu picha muro da sede e pede saída de Abel Braga

O ato de vandalismo aconteceu de madrugada e os funcionários do clube pintaram o muro logo pela manhã desta terça-feira, mas ainda era possível ler algumas palavras. A última pichação da torcida nas Laranjeiras foi logo após a eliminação do clube na Libertadores, quando perdeu para o Olimpia, nas quartas de final.