icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/02/2015
08:04

Depois de todo o clima tenso instaurado na rua Turiassu, a Polícia Militar avisou que deseja nos próximos dias uma reunião com a organização do Allianz Parque para saber como irá resolver possíveis novos problemas do local. O portão de entrada nessa rua, onde também ficam reunidos torcedores do clube, de organizadas ou não, preocupa a entidade.

– Futuramente vamos procurar nos reunir com a organização do estádio, porque temos portões de entrada na Turiassu, onde as organizadas se encontram antes do jogo. Ali esta rua realmente é interditada, fica tomada por torcedores, e temos os palmeirenses que querem entrar justamente por estes portões – explicou o major Rogério Rodrigues Santos.

A Turiassu é um reduto de palmeirenses, que antes das partidas se reúnem em bares ao redor do estádio - uma tradição desde os tempos de Palestra Itália. Nestes primeiros jogos na arena, a aglomeração na rua fez se mudar o planejamento em dias de jogos.


As duas delegações deveriam entrar pela Turiassu, mas o fato dela ser ”fechada” por torcedores faz com que os times entrem pela rua Padre Antônio Tomás, e sejam levados ao vestiário em carrinhos. A PM chegou a dizer que quem fez aquela entrada nunca tinha ido a um estádio. 

– Precisa de alguma ação para assim evitar que tenham estes confrontos. Os portões aqui são um fato que gera uma preocupação – falou o major.