icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/11/2013
14:48

O comportamento inapropriado da torcida do Paysandu custará caro ao clube. O Supremo Tribunal de Justiça Desportiva julgou o caso do Paysandu no fim da tarde de quarta-feira (06) e decidiu que o time deverá pagar uma multa no valor de R$80 mil, além de perder seis mandos de campo.

O incidente da punição ocorreu na 31ª rodada da Série B, em partida contra o Avaí, no Estádio da Curuzu. Um grupo de torcedores do Papão arremessou objetos ao gramado, inclusive bombas caseiras, e a partida foi encerrada pelo árbitro Grazianni Maciel Rocha aos 37 minutos do segundo tempo.

O Departamento Jurídico do Paysandu declarou que vai recorrer da decisão, sabendo da importância dos mandos de campo na reta final da Série B, em que o clube paraense ainda tenta se livrar do rebaixamento. Além disso, pretende responsabilizar o grupo de torcedores infratores.

– Vamos entrar com recurso e ajuizar ação contra a torcida que prejudicou o Paysandu. É um prejuízo muito grande, já que serão seis jogos fora de casa. O Paysandu perde rendas significativas logo no início do campeonato. Mais uma vez os vândalos conseguiram prejudicar o Paysandu – desabafou Alberto Maia, advogado do clube, insatisfeito com as ações da torcida.

A partida entre Paysandu e Oeste continua marcada para o Estádio da Curuzu, neste sábado, às 17h20 da tarde (horário de Brasília).