icons.title signature.placeholder Bruno Grossi
23/06/2014
19:00

Na última sexta-feira, o São Paulo enfrentou o Orlando City em amistoso e não saiu do empate sem gols para a frustração dos cerca de cinco mil torcedores que compareceram ao Complexo ESPN. Para a partida, Muricy Ramalho estava convicto de que deveria promover a estreia de Alan Kardec e optou por tirar Alexandre Pato do time titular. O jogador, no entanto, garante não ter se magoado com a decisão.

- Cada um que chega tem a chance de jogar. Estou determinado, trabalhando forte, o jogo contra o Bahia é só dia 16 (reinício do Campeonato Brasileiro). Estou trabalhando muito forte e tenho muito tempo para treinar. Estou tentando superar o calor que faz aqui (Orlando). É muito abafado - justificou o atacante.

Pato entrou no amistoso no intervalo e deu mais movimentação ao Tricolor. No treino tático realizado na manhã desta segunda-feira, ele recuperou a posição de titular na vaga deixada por Luis Fabiano, que faz fisioterapia no Omni Resort para tratar de estiramento na coxa direita. Na atividade, Pato atuou mais centralizado, revezando com Alan Kardec no auxílio à defesa, e se colocou à disposição de Muricy para atuar em qualquer posição.

- Todos temos de estar preparados para fazer tudo pelo time. Estamos nos esforçando para dar mais possibilidades para o Muricy escolher quem estiver melhor. Isso sempre será bom para o grupo. Eu tenho que pensar no que o professor perde. Estou preparado, independentemente da posição. Onde ele quiser me colocar, todos estarão preparados para fazer a função que ele pedir - assegurou.

Além de cumprir funções táticas diferentes das que está acostumado, como acompanhar os laterais adversários até a defesa, Alexandre Pato pode ganhar mais um concorrente para o setor ofensivo. Isso porque Kaká, com quem atuou por duas temporadas no Milan, deve ser anunciado nos próximos dias no Morumbi.

- Para o São Paulo será sempre importante ter jogadores de grande nível. Estou muito acostumado com isso, estou muito tranquilo para fazer meu trabalho, melhorar meus fundamentos para fazer o melhor no jogo - disse.