icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/12/2013
11:32

A saída de Oswaldo de Oliveira do Botafogo deixou muitos jogadores órfãos. Em dois anos de clube, o comandante revelou 13 atletas e deixou alguns 'filhos" em General Severiano. O mais novo deles é o meia Daniel, de 19 anos, que teve a primeira oportunidade como profissional sob a tutela de Oswaldo.

– Aprendi muito com ele, não só dentro de campo, mas fora também. Além disso, ele, sem dúvidas, vai ficar marcado na minha carreira. Não só ele como toda a comissão técnica do Botafogo – afirmou o apoiador, lembrando de um momento importante na relação com Oswaldo:

– Uma coisa que nunca vou esquecer, foi ele, antes de eu entrar em campo na minha estreia, mandando eu ir pra cima dos adversários, sem medo e jogar meu futebol.