icons.title signature.placeholder Daniel Guimarães
12/03/2014
21:14

Após cumprir suspensão e defender a seleção do Uruguai, na última quarta-feira, Martin Silva foi liberado do jogo do último sábado, contra o Bonsucesso, para acompanhar o nascimento de sua filha em sua terra natal. Porém, o bebê nasceu prematuro e com um problema no pulmão. Por isso, o arqueiro foi liberado por mais alguns dias e não tem previsão de retorno.

Sem treinar há cerca de uma semana, o camisa 1 corre o risco de ficar fora do clássico do próximo domingo, com o Fluminense, no Maracanã. Nas duas partidas em que o uruguaio ficou de fora, Diogo Silva foi o escolhido do técnico Adilson Batista para a vaga. Caso Martin não retorne, ele deve continuar na meta vascaína.

O empresário do jogador fez questão de deixar claro que a ausência de Martin Silva nada tem a ver com um possível atraso de salários, mas sim com o problema particular.

- Vi algumas pessoas falando isso, mas não tem nada com problema de salários. O Vasco está em dia com o Martin Silva. Ele está no Uruguai para ficar ao lado da família nesse momento difícil - afirmou Régis Marques.