icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/07/2014
13:16

O atleta paralímpico Oscar Pistorius se envolveu em uma confusão, na noite do último sábado, em uma boate de Johanesburgo. Segundo testemunhas, o velocista biamputado – que está sendo julgado pelo assassinato de sua namorada e modelo Reeva Steenkamp e espera o veredito final a partir do dia 7 de agosto – estava embrigado e teria sido empurrado por um rapaz.

O sul-africano enviou um comunicado à imprensa através da porta-voz da família, Anneliese Burgess.

– Oscar estava no local com um primo. Eles se sentaram em uma cabine tranquila da área VIP quando foram abordados por um indivíduo. De acordo com meu cliente, o indivíduo começou a interroga-lo de forma agressiva sobre assuntos relacionados ao Julgamento. Uma discussão se seguiu e meu cliente pediu para ser deixado em paz. Oscar e seu primo deixaram o local pouco depois. Oscar lamenta a decisão de ter ido a um espaço público, atraindo atenção indesejada - disse Anneliese.

O rapaz com quem Pistorius teve a discussão foi identificado como Jared Mortimer. Ele também deu uma declaração mostrando sua versão dos fatos, afirmando que foi apresentado ao sul-africano no Michelangelo Towers. Ambos estavam bebendo, quando Pistorius teria ofendido alguns amigos de Mortimer.

– Estávamos tomando tequila, e lembro que larguei meu copo dizendo que não poderia continuar bebendo enquanto ele falava assim dos meus amigos. Ele se aproximou de mim, e nesse momento eu o empurrei para alertá-lo. Ele tropeçou em uma cadeira e caiu - relatou Mortimer, ao jornal sul-africano The Star.

Segundo um outro jornal sul-africano, esses amigos são a família do presidente do país, Jacob Zuma. Jared seria amigo do filho de Zuma, Duduzane.

– Pistorius estava falando o quanto sua família era influente. Ele até pegou seu celular para mostrar fotos de carros blindados. Ele falou: “Zuma trabalha para nós, vou urinar no Zuma" - teria relatado Mortimer ao jornal The Juice.

O julgamento de Oscar Pistorius está de recesso até o dia 7 de agosto, quando serão feitas as considerações finais, quando as duas partes terão dois dias para expor suas conclusões finais do caso antes de a juíza Thokozile Masipa dar o veredito.