icons.title signature.placeholder Renato Rodrigues
03/11/2013
11:03

Satisfeito com a possibilidade de dar uma sequência de jogos para Renato Augusto, que já se lesionou gravemente três vezes em 2013, mas está relacionado para o quarto jogo seguido neste domingo, o técnico Tite destaca um elemento da personalidade do meia pouco conhecido pelos torcedores. Na visão do treinador, o camisa 8 tem chamado a atenção como um líder do elenco nesta temporada, mas precisa segurar um pouco mais o ímpeto na hora de cobrar os companheiros.

- O Renato é um cara extremamente competitivo, muito sanguíneo. Às vezes, eu digo que ele precisa diferenciar o cara mais jovem do mais veterano, do mais experiente. Porque em alguns momentos ele passa da orientação para a reclamação por ser muito competitivo. Aos poucos, está conseguindo mais instruir, passando a falar e não reclamar. É um jogador que tem características para ser líder - declarou Tite, em depoimento ao LANCE!Net.

Com aval do comandante, Renato Augusto chegou ao Corinthians em janeiro de 2013, contratado junto ao Bayer Leverkusen (ALE) por cerca de R$ 9 milhões. Sem uma boa sequência de atuações, o camisa 8 acredita que sua hora de brilhar chegará em 2014. Recentemente, ele disse que a lesão no joelho direito o fez praticamente desistir dos objetivos deste ano. Tite, no entanto, mantém confiança e chega a compará-lo com outros nomes importantes do elenco.

- O nível de treinamento do Renato é muito alto. E como há diversos tipos de liderança dentro do elenco, a dele é competitiva e de qualidade. Alessandro e Danilo, por exemplo, têm uma liderança de saber se postar frente à arbitragem, uma frieza. Temos outros que já lideram pela garra. O transpirar pelo time, ralar a bunda no chão! É o caso do Ralf. São aspectos que cada jogador carrega consigo. E tudo isso junto faz uma equipe competitiva - argumentou o treinador corintiano, antes de completar.

- Posso dizer que ele vai atingir isso, é um jogador jovem ainda, vai chegar nesse patamar.