icons.title signature.placeholder Craque do Futuro
05/12/2013
16:08

O Guarani apresentou oficialmente, nesta quarta-feira, o volante Eduardo Erê. Aos 25 anos, o jogador chegou ao Bugre logo após uma viagem que o coordenador de futebol, Luíz Simplício, fez ao Nordeste, em busca de reforços para o Alviverde. O contrato com o time de Campinas tem duração até o fim da Série A2 de 2014.

O atleta sonha em alavancar a carreira no futebol paulista e deseja ser reconhecido no cenário nacional. Em entrevista ao site oficial do clube, o volante disse que espera honrar a camisa do Guarani e prometeu representar o Nordeste.

- Como todo jogador que vem do Nordeste sob certa desconfiança e no final das contas consegue vencer, eu quero chegar aos poucos, com humildade, e conquistar o meu espaço no Guarani. Estou aqui hoje representado, não só a minha família, mas sim todo o povo nordestino – ressaltou o jogador.

O jovem jogador tem em seu currículo passagem por Chapecoense, Pelotas, Belo Jardim-PE, Marília e Centro Limoeirense.  Apesar de não ter atuado no futebol paulista, o reforço bugrino afirmou que pode ser útil para o clube durante o torneio estadual. Ele disse que uma das suas qualidades é chegar com bastante facilidade ao ataque.

- A segunda divisão do Campeonato Paulista tem um perfil semelhante aos campeonatos que disputei no Nordeste. Lá é necessário que se use mais a parte física do que a técnica, e nessa Série A-2 a pegada será a mesma. Tenho uma boa marcação, mas sou um volante que gosta de chegar muito à área adversária para fazer gols – declarou o volante.

Ao fim da entrevista, o jogador contou uma história curiosa. Eduardo explicou o motivo de ser chamado de Erê.  

- Quando jogava no Náutico, usava o cabelo grande e que me deixava parecendo um índio. Na mesma época existia a novela “O Rei do Gado”, onde tinha um indiozinho que se chamava Erê. Como tínhamos na equipe o goleiro Eduardo, usaram o Erê para nos diferenciar e o apelido pegou. Agora vou com ele até o fim da carreira – finalizou.