icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/12/2013
17:20

O Grupo G da Copa do Mundo de 2014 é um dos que mais trazem reencontros. O mais óbvio é o entre o Alemanha e Gana, que aconteceu no Mundial de 2010, e reúne os irmãos Boateng. Pelo lado dos africanos, Kevin-Prince, o meia do Schalke 04, e dos germânicos, Jerome, zagueiro do Bayern de Munique. Mas há bem mais do que isso. Em um caso, vai até para o lado político. E no outro o encontro de Jürgen Klinsmann com o seu país.

Entre Portugal e Alemanha, fica mais no lado futebolístico e recente. As seleções se enfrentaram na Copa do Mundo de 2006 na disputa de terceiro lugar. Em casa, a equipe tricampeã venceu por 3 a 1. Na última Eurocopa, voltaram a jogar, na estreia de ambas, e novamente vitória dos alemães, por 2 a 1. Os lusos se recuperaram e se classificaram. Ambos caíram na semifinal.

No que diz respeito ao campo político, isso envolve três países do Grupo G. No século XV, Portugal teve grande domínio sobre Gana, principalmente na região da capital Acra. Neste período, a Alemanha também esteve presente e teve boa representatividade na região. Os lusitanos só saíram quase 300 anos depois, quando os holandeses ocuparam o país.

Por fim, o reencontro entre Jürgen Klinsmann e Alemanha. Atualmente, o eterno ídolo da seleção germânica comanda a seleção dos Estados Unidos, e vai ter que passar pela situação de ouvir o Hino do seu próprio país. Já aconteceu, mas em amistoso. Em Copa do Mundo a história é outra.