icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
24/02/2015
15:21

Maurizio Arrivabene, chefe da Ferrari, disse que a escuderia queria provocar ações de suas rivais na Fórmula 1 quando divulgou imagens de um conceito de carro com visual futurista para a categoria. Segundo Arrivabene, a intenção era fazer com que as outras equipes também liberem a criatividade e pensem em um carro mais bonito no futuro.

- Aquele carro foi uma provocação, mas não tão longe da realidade que poderíamos alcançar no futuro. Quero pedir que todas as equipes tentem propor um conceito de carro. Dessa maneira, vamos chegar a alguma coisa. Aquilo foi uma provocação. Nossa mensagem foi principalmente ‘tente liberar a criatividade e fazer um belo carro’. Não vamos dizer que fomos os primeiros ou que o nosso é melhor. Ficamos satisfeitos por tentar alterar a situação atual – disse Arrivabene ao site AutoSport.com.

O chefe da Ferrari elogiou o design do carro da equipe para a temporada 2015. Porém, ele admitiu que os próximos modelos sejam esteticamente melhores para brigar pela atenção dos jovens com os carros de videogame.

- Se falar sobre o futuro, nossos concorrentes são os carros dos videogames. Se você olhar para os carros em jogos, eles têm a aparência fantástica, bem desenhada e legal. Se você perguntar a um garoto de 18 anos, provavelmente ele prefere jogar videogame por uma hora do que assistir um GP. É um dos nossos competidores. O visual dos carros é extremamente importante – concluiu o dirigente.