icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/03/2014
17:08

A Federação de Vôlei do estado do Rio de Janeiro (Feverj) já tem data para debater com os clubes novas cobranças para a primeira transferência de atletas das categorias de base. Uma assembleia será realizada no dia 24 de março, na sede da entidade, e contará com as presenças de Botafogo, Flamengo, Vasco da Gama, Fluminense, Hall da Fama, Niterói e Tijuca Tênis Clubes.

Nesta quinta-feira, o LANCE!Net revelou que a Federação cobra desde 2006 uma taxa de R$ 3 mil para regularizar jovens de 12 a 17 anos que trocarem de time pela primeira vez. O valor corresponde a quatro vezes a mensalidade dos afiliados e foi acordado por alguns deles na época em que passou a vigorar. Do total, 75% cabem aos clubes, enquanto os 25% restantes ficam com a Feverj.

Além de elevada e fora da realidade de muitas agremiações, a cifra supera em quase dez vezes o valor da transferência de jogadores de futebol adultos dentro do estado. Para que um profissional mude de equipe, a Federação Carioca de Futebol (Ferj) cobra R$ 350,00.

O assunto provocou repercussão negativa e levou a Feverj a tomar providências. Em nota oficial divulgada nesta segunda-feira, a entidade se disse "sensível aos interesses de atletas, familiares e filiados" e anunciou a convocação "para reavaliar as referidas decisões por eles tomadas há cerca de oito anos e, então, reafirmá-las, ajustá-las ou revogá-las".