icons.title signature.placeholder Luiz Gustavo Moreira e Paulo Victor Reis
13/02/2015
14:20

O atacante Jobson tem vínculo com o Botafogo somente até o dia 24 de junho e já pode assinar um pré-contrato com outra equipe. Por isso, para ele, o momento é de definição. A diretoria alvinegra ainda aguarda um maior número de partidas disputadas para decidir o futuro do atleta, mas já se mostra favorável a uma extensão do acordo até o fim do ano.

O jogador se mostrou favorável a permanência no clube de General Severiano, mas garantiu que pensa apenas no futebol, por ora.

- Lógico que quero ficar. Mas agora quero é jogar bastante, até meu contrato acabar. Depois, as coisas acontecem naturalmente - disse Jobson.

Um dos motivos para a provável permanência do atacante até o fim da temporada é o profissionalismo demonstrado por ele desde a pré-temporada. Tamanha dedicação convenceu até o técnico René Simões, que teve um atrito com o jogador em 2011, no Bahia.

– Fico satisfeito por ele ter feito um gol e por ter dado três ou quatro passes para gol. É uma coisa que não víamos nele - afirmou o treinador após a vitória por 3 a 0 sobre o Bangu, com um gol e uma assistência de Jobson.